Pular para o conteúdo principal

Thaila Ayala é batizada em igreja evangélica e diz que teve experiência de contato com Deus

Thaila Ayala, 30, acaba de dar um novo sentido à própria vida —nas palavras dela mesma.
No último domingo (21), a atriz se batizou na igreja pentecostal Batista. Ela registrou o momento com uma foto, em que aparece sendo mergulhada na piscina por um pastor e um auxiliar.
"Não, essa foto não combina com meu feed", admitiu a própria atriz, surpreendendo seus fãs no Instagram. "Mas ela é mais especial do que todas as outras juntas, porque eu me batizei!".
Em entrevista ao "F5", Thaila afirmou que já vem frequentando os cultos há cerca de um ano, a convite de uma amiga. "Sempre vou aos cultos quando estou no Brasil, mas agora decidi me batizar, renovar minha fé", conta.
Segundo Thaila, a religião surgiu em sua vida como uma necessidade de gratidão. Batizada na igreja católica quando criança, ela afirma que sentiu vontade de mudar de rumos e fazer algo em agradecimento a Deus pelas suas conquistas.
"Sempre me considerei uma pessoa de fé. Fiz primeira comunhão, crisma, agradeço a Deus todas as noites antes de dormir pela vida maravilhosa que eu tenho, mas senti que isso ainda não estava suficiente. Eu queria ser uma pessoa melhor, fazer mais por Deus, encontrar meu caminho de gratidão".


em medo de "parecer um clichê", a atriz revela que encontrou uma fé inesperada dentro de si mesma e que chegou a ter uma experiência sobrenatural. "Fui tocada por Cristo. Se alguém me contasse isso antes, eu ia falar 'aham, legal'. É difícil de acreditar e até de explicar com palavras. Eu caí de joelhos no meio de uma oração".
Thaila conta que ficou muito emocionada no momento do batismo. "Não dá para explicar o que eu senti na hora. Se você está muito aberto, disponível para Deus de coração, ele fala com você. Ele se faz presente de uma forma mágica. Foi emocionante ter essa oportunidade de estar reafirmando minha fé com ele. Chorei que nem louca".

vida nova

Mesmo disposta a adotar novos hábitos, Thaila afirma que não vai deixar de lado as baladas, festivais de música eletrônica em que bate cartão todo ano e nem mesmo o sambódromo. Musa da Gaviões e da Grande Rio, ela promete não abandonar as escolas no Carnaval de 2017.
"Claro que vou continuar desfilando, frequentando festas. O Cristo que eu acredito não tem nada contra isso. Minha preocupação é apenas ser uma pessoa melhor. O amor de Deus não tem nada contra a gente ser feliz e curtir a vida. Deus dá risada de julgamentos", pontua.
Prova disso é que um dia antes do batismo, ela chegou a ir à festa "A Favorita", um famoso baile carioca organizado pela promoter Carol Sampaio, que é sua amiga. "Dei uma passada na festa só para dar um beijo na Carol. Não bebi nada. Mas não porque alguém disse isso ou aquilo, fui eu mesma que não quis beber no dia anterior ao meu batismo, uma opção minha", esclarece.
Outra Carol de quem a atriz vem se aproximando é a socialite Carol Celico. "Liguei para ela pois estava interessada em fazer um trabalho filantrópico e sei que ela é bem ligada a isso", conta Thaila, que já ajuda uma instituição psiquiátrica em sua cidade (Presidente Prudente - SP) há dez anos.
Por enquanto, a filantropia se restringe ao trabalho em instituições. A atriz conta que ainda não chegou a fazer contribuições financeiras em sua igreja. "Nunca mencionaram isso lá. Apenas dou minha contribuição na hora do ofertório, que é comum em qualquer igreja".



F 5 Celebridades

Comentários

igreja ao gosto do fregues.
A culpa não é dela e sim desses falsos pastores que para ganhar ibope e holofotes,batizam qualquer um! Quer dizer que vai ser crente e continuar mostrando o tamanho da perereca pro mundo ? Isto é uma vergonha!Quando temos um encontro com Deus de verdade,o nosso corpo deixa de ser usado pela pomba gíria(demônio da prostituição) e passa a ser templo do Espírito Santo! A Bíblia diz que sem santidade do espírito,alma e corpo ninguém verá a Deus! I Ts 5:23 E Hb 12:14. Ela com esses pastores sem vergonha, vão morar no céu da boca da onça!

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileiros são acusados de machismo e racismo na Copa da Rússia

Em vídeo viral, um grupo de homens se aproveita do fato de uma jovem russa não saber português para assediar a moça





A Copa da Rússia mal começou e algumas atitudes de torcedores brasileiros provocaram reações inflamadas na internet. Em um vídeo publicado na noite de sábado (16/6), alguns homens se aproximaram de uma jovem estrangeira, aparentemente russa, e fizeram uma gravação com ela. Nas redes sociais, o ato foi apontado como uma demonstração de machismo e racismo. Entre outros impropérios, o grupo cantou “essa buceta é bem rosinha”, referindo-se à cor da mulher. A moça, que obviamente não entende uma única palavra em português, cantou junto a eles, sem ter noção do desrespeito. A objetificação pela qual a estrangeira passa – uma pessoa é reduzida aos órgãos genitais – foi considerada ofensiva pelos internautas. Além do machismo alarmante, tendo em vista que um grupo de adultos achou por bem fazer comentários grotescos sobre o corpo de uma desconhecida na rua, há indícios de racismo…

Veja a lista dos deputados que querem uma CPI para acabar com a Lava Jato

O PT está no centro da articulação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar a suposta venda de “proteção” em delações premiadas por parte de advogados e delatores. Trata-se da "CPI das delações", com potencial para afetar os trabalhos da operação Lava Jato e até extingui-la. 

Segundo o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), trata-se de uma investigação sobre a "indústria da delação". Os pontos de partida serão as delações dos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Cláudio de Souza, integrantes do esquema comandado por Dario Messer, chamado de “doleiro de todos os doleiros”, que acusam o advogado Antonio Figueiredo Basto, um dos maiores especialistas do País em colaborações premiadas, de cobrar uma “taxa de proteção” de US$ 50 mil mensais (cerca de R$ 185 mil) de outros integrantes do esquema entre 2005 e 2013.
Veja quem são os deputados que assinaram o pedido: 


Cármen Lúcia arquiva processo sobre menção de Joesley a ministros do STF Presidente do STF determinou extinção da investigação aberta, a pedido dela, para apurar citação a ministros na delação de executivos da empresa JBS Por Agência Brasil

Cármen Lúcia: "Não poderia pender qualquer tipo de mais leve dúvida sobre a conduta daqueles que compõe, que integram este Supremo Tribunal Federal" (Rosinei Coutinho/SCO/STF/Agência Brasil) A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, informou, na abertura da sessão plenária desta quinta-feira (21), ter determinado a extinção e o arquivamento definitivo da investigação aberta, a pedido dela, pela Polícia Federal, para apurar citação a ministros da Corte na delação de executivos da empresa JBS, do grupo J&F. A decisão foi tomada após o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, entregar o relatório final das investigações à Cármen Lúcia. De acordo com o documento, “não foram encontradas gravações que indicassem qualquer participação de ministros do Supremo Tribunal Federal envolvidos e ou citados em qualquer ato ilícito”. Com base no relatório da PF, Cármen Lúcia afirmou que “não houve, não há qualquer dúvida, que tenha sido extraída de qualquer doc…