Subscribe:

9 de setembro de 2016

Fracassa manobra de Renan para reajustar salários do STF. Base de Temer articulou derrota

O Senador Ronaldo Caiado afirmou: “Estamos em momento delicado, com governo sem ter como atender a demanda na saúde e com 12 mi desempregados. Vamos aumentar salários do STF?”


Conforme mostra a Jovem Pan, a manobra arquitetada pelo Presidente do Senado, Renan Calheiros, em conjunto com os golpistas do PT para votar o reajuste dos tetos dos salários dos ministros do STF fracassou.

A base de apoio do governo Temer conseguiu aprovar as medidas de interesse do governo até as 21 horas. Só que quando chegou o momento de votar o projeto o projeto do senador Humberto Costa, (PT), sugeriram a retirada do requerimento de urgência para a aprovação do aumento do tetos dos salários.

Renan estava esperançoso de que seria possível colocar em votação nesta quinta-feira (8) urgência do projeto que aumenta os salários de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em 16,38%, dos atuais R$ 33.763 para R$ 39.293,38. O impacto anual da proposta supera R$ 710 milhões.

Renan ficou visivelmente enfurecido. Dava como certa a aprovação do projeto. Constrangido, ele reconheceu que tinha um compromisso com a matéria e ainda insistiu que os senadores deveriam votar a matéria, apesar da manifestação contrária da maioria dos líderes. Por fim, jogou a toalha e deu a sessão por encerrada.

Enquanto isso, Temer aprovou a Medida Provisória que reduziu de 32 para 26 o número de ministério e corte de cargos e funções comissionadas.

Jornal Livre

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...