Subscribe:

2 de outubro de 2016

Lula e Haddad choram com derrota histórica em São Paulo. Paulistas deram um basta ao PT já no primeiro turno.



A noticia sobre o resultado da eleição na cidade de São Paulo é tão emblemática que a maior  parte da imprensa nacional fica em dúvida sobre anunciar o vencedor ou destacar o grande derrotado.
Ou melhor, os grandes derrotados na maior cidade do Brasil. Sem dúvida a vitória em primeiro turno do candidato do PSDB, João Dória não é mais significativa que a derrota de Fernando Haddad, do PT.

O maior derrotado nesta eleição é o ex presidente Lula, que se empenhou ao máximo para levar seu candidato ao segundo turno. Lula não conseguiu nem isso. Haddad foi o primeiro prefeito derrotado num primeiro turno em toda a história das eleições municipais, desde a adoção do voto em dois turnos.

Haddad não conseguiu conter o carrocel de emoções nessa semana, quando finalmente conseguiu chegar em segundo lugar e tinha esperança de chegar ao segundo turno. Ao saber da derrota, chorou ao telefone com Lula. Revoltados, militantes do PT expulsaram as esquipes  da Globo do local onde Haddad acompanhava a votação.

Além da derrota humilhante na cidade de São Paulo, Lula e o PT foram derrotados na região do Grande ABC, berço do sindicalismo e na região onde o partido prosperou nas últimas décadas.

O PT está fora da eleição em terceiro lugar em Diadema, em Guarulhos, São Bernardo do Campo, São Caetano, Osasco e amarga um segundo lugar em Santo André, bem atrás do candidato do PSDB.

Entre as 100 maiores cidades do país, com mais de 200 mil habitantes, incluindo as 26 capitais e o Distrito Federal, o PT deve eleger apenas um prefeito, na inexpressiva Rio Branco, capital do Acre.
Em 2008, o PT foi o partido que mais conseguiu eleger prefeitos nestas cidades, ficando com 1/4 das Prefeituras.

A derrota fragorosa nestas eleições municipais de 2016 vai custar caro ao partido. Pelo menos 50 mil ocupantes de cargos comissionados em prefeituras petistas serão demitidos. O PT ficará sem  os 10% de seus salários, referentes a  contribuição partidária. É com parte deste dinheiro que Lula paga o aluguel dos jatinhos que usa com frequência
maior que  empresários como Bill Gates.

Um outro efeito imediato após derrota do partido nas eleições deste Domingo será a debandada de políticos filiados ao partido. Muito se comprometeram a permanecer na legenda apenas até estas eleições. Com o resultado, poucos devem arriscar suas carreiras permanecendo no partido.

O PT sai dessas eleições para o coma. Deve morrer definitivamente após a prisão de Lula.

Imprensa Viva
http://www.imprensaviva.com/2016/10/lula-e-haddad-choram-com-derrota.html

1 comentários:

Jeovam Modesto disse...

Esse partido será extinto pra nunca mais assim como deveria ser extinto todo partido que abraça a ideilogia comunista desgraça de qualquer naçao onde se instala.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...