Subscribe:

5 de novembro de 2016

'Desocupados', desabafa jovem que viajou 17h e perdeu Enem em MG

Gabrielle saiu do Paraná pra Uberlândia; ela recebeu mensagem hoje cedo.

Estudante gastou R$ 500 e não sabe se voltará à cidade em dezembro.


Bárbara Almeida e Mário BrandaniDo G1 Triângulo Mineiro

ENEM 2016 - SÁBADO (5) – UBERLÂNDIA (MG) Estudante viajou para Enem e prova é cancelada (Foto: Reprodução/TV Integração)Estudante viajou do Paraná até Minas Gerais e não conseguiu fazer provas (Foto: Reprodução/TV Integração)


























A estudante Gabrielle Laís Kothe viajou cerca de mil quilômetros para fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste sábado (5), em Uberlândia, mas não conseguiu. A jovem que demorou 17 horas no percurso entre Umuarama (PR) até a cidade mineira e só foi informada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que a prova seria adiada devido às ocupações no local às 10h de hoje.
"Eu saí da minha casa às 7h da manhã de sexta-feira e cheguei neste sábado 2h da madrugada pra poder fazer a prova. Recebi um e-mail hoje, às 10h, mas o que ia adiantar? Já estava aqui. Vai sair quase R$ 500 de passagem e alimentação. É uma vergonha chegar e ter isso aí. Bando de desocupados que não têm o que fazer e que ficam atrapalhando a prova dos outros que querem alguma coisa da vida", desabafou.
É uma vergonha chegar aqui e ter esse problema. Bando de desocupados que não têm o que fazer e ficam atrapalhando a prova dos outros"
Gabrielle Laís, estudante
Gabrielle disse que escolheu fazer a prova em Minas Gerais porque na época da inscrição do Enem morava em Uberlândia. Em agosto precisou mudar para o Paraná e não conseguiu fazer a alteração do local por causa do fim do prazo exigido pelo Inep. Agora, está revoltada com a situação.
"Vou ficar aplaudindo isso aí tudo? Eu estudei bastante, pois o curso que quero é complicado. Então eu quero estudar Direito e não é qualquer um que consegue, né?! Chegar aqui e descobrir que não conseguirei fazer é péssimo, uma viagem perdida. Eu nem sei se vou conseguir voltar para fazer essa prova de novo em dezembro. Estou com medo de ser um Enem perdido", finalizou.
ENEM 2016 Uberlândia (MG) Ocupantes da UFU colaram cartaz em campus da universidade  (Foto: Mário Brandani/G1)UFU foi ocupada no dia 24 de outubro (Foto: Mário Brandani/G1)
Prova adiada para mais 5.368 inscritos na UFU
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na manhã deste sábado (5) lista ampliada dos locais onde a aplicação de provas do Enem foi adiada. Assim,  5.368 inscritos para realizar provas nos blocos 1B, 3D, 3Q-1, 3Q-2, 5R, 5R-B e 5-S do Campus Santa Mônica da UFU também tiveram as avaliações adiadas para dezembro.
Nova data do exame
A presidente do Inep, Maria Inês Fini, disse que os alunos afetados foram informados pelo Governo Federal por SMS – as mensagens estão sendo enviadas para o telefone celular indicado no formulário de inscrição. Entretanto, o novo local ainda não será informado neste primeiro contato.
Ela disse ainda que o tempo extra que os estudantes terão até a prova não deve afetar a preparação e dar alguma vantagem a eles - pelo contrário, ela acredita que eles precisarão administrar a ansiedade.
As avaliações adiadas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro, segundo o Inep. A divulgação das notas do Enem 2016 estava prevista para 19 de janeiro e foi mantida. Segundo o Inep, não houve alteração nessa data e, por isso, não vai haver interferência no cronograma das instituições que usam o Enem como processo seletivo.
Ocupações na UFU
Os alunos da UFU começaram as ocupações nos blocos dos campi Santa Mônica e Umuarama em Uberlândia e campus Pontal em Ituiutaba no dia 24 de outubro. De acordo com o "Ocupa UFU", que organiza o movimento, eles protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita o aumento dos gastos públicos, a Medida Provisória (MP) 746, que prevê reforma o ensino médio, contra o projeto “escola com mordaça” e as contrarreformas trabalhistas e da previdência.

Ocupação na UFU em Uberlândia (Foto: Bárbara Almeida/G1)
Um dos blocos ocupados na UFU por estudantes (Foto: Bárbara Almeida/G1)


Globo .com

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...