Subscribe:

22 de novembro de 2016

Fátima Bernardes sofre pressão da população, e se explica sobre enquete polêmica.


A apresentadora abriu o programa com a explicação de que não houve escolha pelo tráfico e que o assunto girava em torno de uma questão de ética médica



Fátima Bernardes fez uma tendenciosa enquete em seu programa na qual perguntava quem deveria ser salvo primeiro se policial pouco ferido ou traficante com risco de morte.... As redes se revoltaram contra a pesquisa altamente dirigida e Fátima Bernardes acabou de fazer um programa se explicando e colocando um policial para falar. Até mesmo a mídia esquerdista tem que se dobrar diante da opinião pública! A sociedade prefere os homens de bem.
Depois da polêmica pesquisa realizada no programa Encontro da última segunda-feira, 21, Fátima Bernardes resolveu se explicar ao vivo no programa desta terça-feira, 22. A enquete questionava aos convidados do programa quem eles salvariam primeiro: um policial levemente ferido ou um traficante em estado grave.
Após o programa, muitos internautas saíram em defesa dos policiais e foi criada inclusive a hashtag #EuEscolhoPoliciais. No programa desta terça, a apresentadora explicou a enquete: "Não houve escolha pelo tráfico em detrimento do trabalho policial. A nossa discussão girou em torno da questão ética. O que me surpreendeu muito na repercussão das redes é como se o programa tivesse feito uma opção pelo traficante, e não pela polícia", disse.

Ela continuou se posicionando e revelou qual era o lado do Encontro nessa questão toda: "(O programa) Sempre vai estar ao lado da polícia, que trabalha legalmente. Eu não dei opinião naquele dia, mas eu, Fátima, iria socorrer o policial, mas eu não sou médica", completou.
Fátima Bernardes  foi muito infeliz com a enquete  realizada em seu programa, com os atores do Filme.
Ela ao realizar a enquete ao vivo, provocou uma revolta geral por duas coisas, pura e simples de se explicar:
- A questão era ética dentro da medicina,e não cabia leigo algum, mesmo sendo atores de opinar a respeito.
-  Segunda coisa , é que o povo brasileiro que assiste Fátima Bernardes, entendeu a mensagem subliminar que havia na enquete, que não tem nada a ver com a ética médica e sim, de uma defesa histórica da Globo, que visa jogar a opinião publica contra a policia.

Fazendo do traficante negro, pessoas vitimas da sociedade que não tiveram chance de emergir na vida, contra uma policia militar "ofensiva"que visa exterminar a população negra da periferia. Em resumo: o mesmo mi mi mi da esquerda.

Fátima não contava que a população, não é toda de esquerda que grita o fim da policia militar nas ruas.

A população de bem, está do lado da lei.

O porta-voz da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro foi convidado nesta terça-feira (22/11) para participar do programa da Rede Globo, onde falou sobre a violência no estado e a apresentadora esclareceu sobre uma enquete realizada na semana passada, de grande repercussão popular, com manifestações a favor da PM.


Veja o programa


>

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...