Subscribe:

9 de fevereiro de 2017

Igreja evangélica é invadida pela PM após reclamação de som

Igreja contesta invasão da PM e afirma sofrer perseguição por parte de vizinhos que atuam no Fórum da Cidade e na área militar.

Por: vangélica é invadida pela PM após 
reclamação de som



A igreja Assembleia de Deus do bairro Boqueirão em Guarapuava (PR) foi invadida no último domingo (5) pela PM após reclamação de som alto por parte dos vizinhos.
Os vizinhos da igreja chamaram a polícia por conta do som que afirmam estar muito alto vindo dos cultos
Apesar de alegarem terem feito várias tentativas para que os evangélicos baixassem o volume do som da igreja, os fiéis alegam perseguição.
O incidente envolveu policiais militares que teriam invadido a igreja por volta do meio-dia de domingo, quando não havia mais culto. Foram acionadas quatro viaturas para resolverem o problema.
Os policiais que atenderam a ocorrência resolveram levar os cabos de som da igreja mesmo não tendo barulho no local no horário que eles chegaram.
Os responsáveis pela igreja alegam que esta não é a primeira vez que eles enfrentam a polícia e que os vizinhos perseguem os religiosos fazendo constantes denúncias contra eles.
Em sua defesa, a igreja alega que está no mesmo local há 60 anos e que nunca teve problemas com a vizinha, tendo, inclusive, um aparelho que mede os decibéis emitidos em suas reuniões.

Perseguição a igreja

Um vídeo gravado por uma mulher narra a entrada da polícia na igreja. O culto já havia acabado tendo poucas pessoas circulando pelo espaço, sem som ligado ou qualquer movimentação que pudesse atrapalhar os vizinhos.
Com mais de 1 milhão de visualizações, o vídeo mostra os policiais pedindo para que os responsáveis pela igreja retirem os cabos que ligam os microfones e instrumentos à mesa de som para impedir que nos próximos cultos o barulho venha a incomodar os vizinhos.
O site Veja Paraná afirma que vizinha, que trabalha no Fórum da cidade, tem perturbado os cultos da igreja e que seu esposo já apareceu armado na porta da igreja para intimidar os recepcionistas.
“Nos parece que existe uma ligação amigável e até pessoal entre alguns policiais e a reclamante já que a mesma trabalha no fórum da cidade e no momento de tomar os depoimentos para o termo circunstanciado/ boletim de ocorrência, a referida ‘vizinha’ chegou na sala, digitou e auxiliou a policial que estava de serviço”, diz o texto do site.

http://noticias.revivaltimes.com.br/igreja-invadida-pela-pm-reclamacao-de-som/

1 comentários:

Pr. Edilson Siqueira disse...

Atitude reprovável desses prepotentes policiais. Total desrespeito e autoritarismo. Lamentável!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...