Subscribe:

25 de fevereiro de 2017

JOSÉ SERRA DEIXA MINISTÉRIO PARA FREAR DORIA EM SÃO PAULO Aécio e Serra não se conformam com avanço de Doria




O senador José Serra (PSDB) deixou inesperadamente o Ministério das Relações Exteriores na noite desta quarta-feira (22).
Ele entregou sua carta de exoneração ao presidente Michel Temer que aceitou ao pedido do tucano paulista.
Há informações de que Serra aliou-se ao senador Aécio Neves, outro tucano, para juntos traçarem um projeto de candidatura presidencial e ao governo de São Paulo em 2018.
Ocorre que numa outra corrente que ganha força dentro do PSDB há o apoio cada vez consolidado ao atual prefeito João Doria.
Interlocutores garantem que o PSDB errou ao embarcar no desastroso governo peemedebista e isso tem respingado em potenciais lideranças.
A aproximação do PSDB ao PMDB, partido que sempre apoiou o PT, fez a opinião pública entender que há uma mescla entre essas siglas o que tem alavancado a candidatura de Jair Bolsonaro.
João Doria tem ganhado a confiança do eleitorado paulista não em razão de ser do PSDB mas por sua postura distante e independente do Governo Federal.
É evidente o distanciamento de João Doria da imagem de Michel Temer. Não há menção, fotos ou eventos em conjunto com o presidente Michel Temer.
Informações de bastidores garantem que a missão de José Serra e frear o avanço de João Doria em São Paulo.

Juntos pelo Brasil.
http://juntospelobrasil.com/jose-serra-deixa-ministerio-para-frear-doria-em-sao-paulo/http://juntospelobrasil.com/jose-serra-deixa-ministerio-para-frear-doria-em-sao-paulo/

2 comentários:

Eliseu Antonio Gomes disse...

O que eu penso sobre este assunto?

Nós todos sabemos, porém, quero enfatizar: a carta de José Serra ao Temer informa que houve pedido de afastamento do cargo de chanceler da república por conta de um problema de coluna.

Serra é senador, e como tal, deve retornar ao Senado, mais cedo ou mais tarde. Ali, poderá somar esforços com outros em apoio às diretrizes de Temer porque o PSDB é partido aliado do governo federal.

Dentro do PSDB, os nomes que realmente ameaçam O sonho de Serra ser presidente do Brasil nas próximas eleições são Geraldo Alckimin e Aécio Neves. Por enquanto, João Dória está abaixo desses dois nomes no partido, não há condição favorável para emplacar como presidenciável tão cedo, mas daqui uns 8 anos ele terá forças para brigar pela cadeira executiva do Planalto.

Daniel Nascimento disse...

Frear como??? Vão fazer ele ficar incompetente do dia pra noite??? Só pode, é a única alternativa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...