Pular para o conteúdo principal

Militares liberam e soldado será 1ª a casar de farda com outro homem

Militares liberam homem a casar com outro de farda


Em 178 anos de história da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, pela primeira vez um homem foi autorizado a utilizar a farda de gala da corporação para casar com outro homem. A Blasting News já havia dado destaque para o caso polêmico mais cedo, quando o casal ameaçava entrar na justiça, caso a corporação não cedesse ao gesto tão sonhado por um soldado, que bate continência há dez anos. O nome do soldado é Miguel Martins, de 29 anos. De acordo com a 'Folha de São Paulo' em reportagem publicada nesta sexta-feira, 03, os militares já autorizaram o casamento.
O Solgado Miguel faz um trabalho importante no Rio Grande do Sul. Ele ajuda a controlar a fronteira entre Brasil e Argentina. No mesmo período em que se encantava pela carreira militar, Miguel se reconhecia publicamente homossexual. Ele contou para família que se atraía para outros homens e aos poucos foi dizendo isso para a sociedade, sem temer o preconceito que poderia vir com a sua condição sexual. No ano passado, Miguel se apaixonou por outro homem, um modelo. O sortudo é Diego Souza, de 21 anos.

Os dois estão noivos desde o início deste ano. Nas redes sociais, eles não escondem a intimidade. A dupla troca beijos e publica fotos de eventos em família e amigos, tudo o que um casal comum costuma fazer nos seus momentos de lazer. O casamento dos dois já está marcado. Esse será realizado no dia 23 de dezembro. O evento promete ter muita pompa e acontecerá em um clube da região. A festa deve ser ao estilo campestre, à luz do dia, aproveitando o verão na fronteira, considerado extremamente belo.

A corporação sabe do relacionamento, mas o soldado revela que a maioria o trata com respeito. De acordo com o militar, o preconceito que existe é velado, tendo colegas falando por trás. Ele revela que já viu comentários preconceituosos na internet, mas que decidiu mostrar que é possível ser feliz amando outro homem. A Brigada do Rio Grande do Sul segue o exemplo de outras instituições pelo planeta e liberou o soldado para se casar de farda.  #É Manchete!

Blastingnews

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Discurso de Janaína Paschoal causou pânico no establishment

O discurso de Janaína Paschoal na convenção do PSL, que lançou Jair Bolsonaro na disputa pela presidência da República, causou pânico na grande mídia e na esquerda, ou seja, no establishment. 
Foi notável que logo após a fala da jurista no evento, a grande mídia tratou de tentar joga-la contra o partido. Teve grande mídia dizendo que ela irritou aliados. Teve outra dizendo que ela criticou os eleitores de Bolsonaro.  No entanto, como já estamos cansados de saber, quando a grande mídia critica algo, é porque esse é o caminho certo.  Filipe Martins, no Twitter, explicou o porquê deste discurso ter incomodando tanto a velha imprensa. 
Confira em 7 tuítes:




Filipe G. Martins@filgmartin  · 
1. O discurso da Janaína está cumprindo um papel importante na transição da campanha do Deputado Jair Bolsonaro.

Toffoli manda recado a Zanin

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje é um estorvo na defesa do meliante Lula.O ministro Dias Toffoli está disposto a apagar a pecha que lhe foi impregnada de ‘petista’.

De antemão, usou o jornal Folha de S.Paulo para mandar um recado com endereço certo. O advogado Cristiano Zanin.

Caso ele assuma o plantão do Supremo Tribunal Federal (STF), não adianta entrar com habeas corpus em favor do ex-presidente Lula. Ele não concederá liminar, em hipótese alguma.

A preocupação atual do ministro é assumir sem problemas a presidência do STF.

Outro fator preponderante para o posicionamento de Toffoli, segundo fonte segura, é a aversão entre todos os ministros do STF ao próprio advogado.

Zanin conseguiu angariar a antipatia generalizada e hoje certamente é um estorvo na defesa do meliante petista.

Por outro lado, há quem diga que Toffoli não é petista. É ‘Dirceusista”.

Faz sentido. Zé Dirceu está solto.

Jornal da Cidade