Pular para o conteúdo principal

“Meu desejo é destroçar a Bíblia” diz diretor do filme ‘A Bela e a fera’

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em entrevista, o diretor Bill Condon do filme “A Bela e a Fera”, disse que seu desejo é “arrancar as páginas da Bíblia” quando as encontra em hotéis.
A pergunta do entrevistador era sobre sua primeira ação ao entrar num hotel depois de dias de trabalho, e Bill respondeu: “Meu desejo é dizer que sou como Ian McKellen e imediatamente saír ‘destroçando’ a bíblia”.

A entrevista ocorreu em 2007, mas veio a tona nos últimos dias porque o diretor Bill, que trouxe muitos polêmica por ter personagens homossexuais, está sendo boicotado por muitos cristão e conservadores, principalmente por ele revelar que o filme continha “um momento exclusivamente gay”.
De acordo com a publicação do The Charlotte Observer de Lawrence Toppman, há dois momentos homossexuais no filme, e com isso a petição de boicote criada por LifeSiteNews chegou a ser assinada por 131.000 pessoas. A carta dizia:
“Os filmes infantis não é lugar para promover agenda política sexual daninha, que ofende as crenças arraigadas de inúmeros pais e famílias.
Me comprometo a boicotar o filme ‘A Bela e a Fera’ como tmabém outros filmes e produtos da Disney até quando a mesma se comprometa a proteger a inocência de nossos filhos”.
Além deste, houve vários outros boicotes pelos Estados Unidos. A ‘American Family Association’ obteve 51.00 assinantes à carta “Não podemos suportar a Bela e a Fera” que “empurram o gayzismo em nossos filhos”.
A Universidade Cristã do Colorado criou uma petição direta à um dos diretores gerais da Disney, Rober Iger Allen, onde os americanos cristãos se comprometem a “não permitir que seus filhos ou netos sejam submetidos ao radicalismo de esquerda através desta nova versão ‘Bela e a Fera’”.
No dia 2 de março, o evangelista Franklim Graham escreveu aos seus 5,5 milhões de seguidores no Facebook, um pedido ao “dizer não” a nova versão da Disney.
No entanto, os ativistas da LGBT estão assediando aos cristãos, dizendo que isso é “homofobia maníaca” que os conduz à “bestialidade”.
http://conscienciacristanews.com.br/meu-desejo-e-destrocar-a-biblia-diz-diretor-do-filme-a-bela-e-a-fera/

Comentários

PAULO TAMBURRO. disse…

RÔ,

favor informar se meu comentário chegou a vc, pois quando cliquei em "PUBLICAR COMENTÁRIO" parece que houve um problema.Poderia avisar ?

Obrigado.
disse…
Chegou sim. É, que modero os comentário! Paz maninho!

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade