Pular para o conteúdo principal

SILAS MALAFAIA CHAMA PAUL WASHER DE BOÇAL E O ACUSA DE ÓDIO AOS PENTECOSTAIS Silas Malafaia, este elemento auto-contraditório da farândola gospel, decidiu descarregar sua munição no missionário americano Paul Washer, a quem acusou de anti-pentecostalismo.





Crédito: Paula Fróes / BAPRESS
Uma semana após criticar Paulo Júnior, Silas Malafaia ataca o pastor Paul Washer no twitter, chamando-o de “boçal”.
Silas Malafaia é uma figura estranha da farândola gospel tupiniquim. Numa semana ele é capaz de ir pra TV e tocar um ‘rebú’ gigante, dolorido pelo fato do pastor Paulo Jr, do min. Defesa do Evangelho, ter citado “seu santo nome em vão”. Segundo ele, citar nomes é uma atitude errada para alguém que se diz pregador do evangelho. Mas aí na outra semana, o próprio Silas Malafaia cita o pastor Paul Washer no twitter, chamando-o de “boçal”, dando clara mostra de sua habitual bipolaridade.
Parece que a nova estratégia do vendedor da “bíblia de 900 reais” com comentários sobre vitória financeira é mesmo colocar pentecostais contra os calvinistas, e está fazendo isso da maneira mais rasteira, atacando um homem que agora mesmo está se recuperando de uma cirurgia cardiovascular de risco.
Silas disse que Paul Washer odeia pentecostais, o que é no mínimo incoerente com as várias citações que o americano faz de Leonard Ravenhill e David Wilkerson, ambos pentecostais e arminianos. Washer sempre fala da influência que estes dois pastores tiveram sobre sua vida e ministério, e o faz de uma forma muito humilde, como um discípulo falando de seu mentor.


Silas Malafaia chama Paul Washer de boçal e o acusa de ódio contra o pentecostalismo
Mas Malafaia não se importa com as fontes. A prova disso é que ele agora tem citado Julio Severo como se este fosse um baluarte da verdade. Julio inventa inimigos que não existem, vive dizendo que está sob ameaças de morte para viver à expensas de outros, e no passado já mordeu a mão de todos aqueles que sensibilizados por seu discurso, lhe ofereceram alguma ajuda.
Apesar de considerar a si mesmo unanimidade, muitos pentecostais discordam da postura do telepastor.
O irmão Gutierres Siqueira, do blog Teologia Pentecostal – um dos mais respeitados e acessados blogs de conteúdo arminiano e pentecostal do Brasil, usou o facebook para mostrar seu repúdio à fala do Pr. Silas:
“Essa mania do Malafaia falar em nome de um grupo é irritante. Como esse líder pode demostrar preocupação com a preservação da doutrina pentecostal quando, ao mesmo tempo, ele abraça a teologia da prosperidade?”, argumentou. E prosseguiu: “O que diriam Gunnar Vingren ou David Wilkerson, William Seymour ou Daniel Berg sobre essa maldita doutrina que corrói o cristianismo ocidental? Todos esses pentecostais abominavam a venda do paraíso terrestre”.
O pastor assembleiano e escritor Ciro Sanchez Zibordi, autor de vários livros pela CPAD comentou o assunto. “Estou cansado dessa guerra entre calvinistas e arminianos, entre pentecostais e reformados. Não ouço pregadores que zombam do pentecostalismo! Não ouço pregadores que verberam contra os reformados! Não perco tempo com “zueira”. A vida cristã é séria! Tenho mais o que fazer, como pregar o Evangelho”, desabafou Sanches, que é pentecostal e arminiano.
O pastor gaúcho e Youtuber Jackson Jaques, da igreja Vintage 180, também comentou o fato: “Paul Washer após se recuperar do seu ataque cardíaco, fez apenas uma brincadeira. Esse cara não tem misericórdia nem num momento como esse! Esse elemento continua na sua peregrinação diabólica”, escreveu em seu facebook.
Não sabemos até onde Silas irá em suas maquinações para fazer de calvinistas e pentecostais inimigos, mas podemos esperar muito mais por aí, uma vez que o líder da AD Vitória em Cristo vive mesmo é de polêmicas e precisa inventar uma de tempo em tempo para alavancar a audiência do seu programa e não cair no ostracismo.

Por Léo Gonçalves

Redação Púlpito CristãoImagem: Paula Fróes / BAPRESS

Pulpito Cristão
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade