Pular para o conteúdo principal

Barack Obama está tentando obter este vídeo SILENCIADO. Com Open Gates - O suicídio coletivo forçado de Nações Europeias






Um documentário curto mas poderoso foi recentemente lançado revelando a destruição total da invasão muçulmana da Europa. Liberais na América estão tentando censurar o filme que vai convencer milhões para fechar nossas fronteiras aos chamados refugiados.O documentário revelador detalha a verdadeira escala da destruição que nos foi escondida. Por exemplo, mesmo Londres, uma vez que o centro do mundo ocidental, não está imune ao influxo muçulmano. Os ingleses são agora uma minoria na capital inglesa, marcando o início de uma tendência espalhando-se pelo continente. Esta é uma tendência que está a ocorrer em todos os principais centros da cidade europeia. Se os políticos tiverem o seu caminho, em poucos anos a Alemanha não será alemã ea França não será francesa. Os imigrantes muçulmanos estão tentando trazer seus costumes repugnantes com eles para a Europa. A lei da Sharia está começando a se espalhar, eo crime está em ascensão.


Um repórter destacado no filme revela que "recentes estatísticas policiais mostram que na capital de Oslo, 100 por cento das violações de assalto entre estranhos foram cometidos por imigrantes não-ocidentais e 9 de cada 10 de suas vítimas eram noruegueses noruegueses". O filme finalmente oferece uma mensagem simples que é muito difícil de ouvir. Os líderes políticos em toda a Europa estão a tentar cometer o maior genocídio da história mundial. No entanto, em vez de assassinatos em massa, trata-se de um genocídio de deslocamento e de reprodução. Os políticos mentiram durante décadas para trazer muçulmanos. No início, eles alegaram que os muçulmanos eram trabalhadores temporários, então uma parte do multiculturalismo, e agora eles são considerados refugiados. A desculpa para o afluxo de muçulmanos mudanças, mas o objetivo permanece o mesmo: a destruição completa da raça branca. H / T Angrypatriotmovement A Europa está sendo roubada dos europeus e os políticos estão permitindo que isso aconteça. Não podemos permitir que a América siga o mesmo caminho. Devemos resistir ao flagelo do Islã. O que você achou desse documentário? Por favor, compartilhe a história no Facebook e diga-nos o que você pensa, porque queremos ouvir a sua voz!

Os liberais removeram este filme da Internet várias vezes. Ele foi postado novamente, mas pode não permanecer por muito tempo.

Na descrição do vídeo diz:

O suicídio do oeste está se tornando cada vez mais aparente. Compartilhe este vídeo e ajude-nos a parar o genocídio branco!





Fonte

Comentários

Pb Fernando disse…
O mundo civilizado precisa urgentemente reagir a altura e expulsar esses canalhas islâmicos de suas terras. Sinto nojo desses bulhas!

Postagens mais visitadas deste blog

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Descontrolada, Gleisi diz que o juiz Sérgio Moro é 'safado e sem-vergonha'; assista

A senadora Gleisi Hoffmann subiu à tribuna do Senado para defender a tentativa de tirar o ex-presidente Lula da cadeia com um habeas corpus ilegal concedido por um desembargador militante no plantão, contrariando o próprio Tribunal, as cortes superiores, e o CNJ. Descontrolada, Gleisi concentrou seus ataques no juiz Sérgio Moro, que ela chamou de "safado e sem-vergonha". Gleisi ainda garantiu que "O Brasil vai pagar muito caro, a democracia brasileira vai pagar muito caro. E eu tenho certeza de que vamos criar situações muito graves no Brasil ainda de instabilidade, a que nós não vamos conseguir dar direção e saída".



Assista: 

Leia também: