Pular para o conteúdo principal

Pastor viciado em pornografia por 12 anos relata libertação: "Quebrei meu orgulho"


Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. (Foto: Reprodução).
Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. (Foto: Reprodução).
Publicado em Quinta-feira, 25 Maio de 2017

Por mais difícil que se possa acreditar, pastores e 
líderes da igreja também lutam com a tentação e podem cair no vício da pornografia. Tim Swanson da Igreja XXX, um ministério on-line dedicado a ajudar as pessoas com pornografia e vícios do sexo, é um desses exemplos.
"Eu posso me lembrar claramente do peso esmagador de carregar minha dependência secreta em filmes pornôs, mesmo estando no púlpito da igreja toda semana", escreveu ele no site do ministério. "Parecia um milhão de coisas no meu peito, às vezes me perguntava se uma pessoa poderia morrer de estresse e se sim, certamente eu seria o próximo".
Tim fez tudo o que pôde para se livrar de seu vício. Ele procurou a ajuda da Igreja XXX. Ele orou e suplicou a Deus para salvá-lo de si mesmo. No entanto, o pastor disse que seu problema só piorou ao longo do tempo.
Ele carregou sua culpa secreta por 12 anos, até que encontrou um grupo de apoio. Lentamente, Tim quebrou os laços com seu vício. Ele agora está compartilhando as coisas que o impediram de se livrar de seus padrões destrutivos na esperança de ajudar os outros que agora estão passando pelo mesmo problema.
Resolvendo o problema
Primeiro, Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. "Foi o orgulho que me levou a dizer coisas como, 'Se eu pudesse ...' ou 'Tudo o que eu preciso fazer é ...' Por isso, eu quebrei meu orgulho, pois a verdade é que eu era impotente para controlar o meu pecado e sempre fazia a coisa errada", ele disse. "Minha vida havia se tornado incontrolável", confessou.
Tim disse que as pessoas precisam admitir que são impotentes contra seus vícios, e quanto mais cedo aceitarem isso, mais cedo poderão ser livres de suas deficiências. Outra coisa que impediu o pastor de se recuperar foi uma visão distorcida de Deus. "Meu problema era que eu não acreditava que Deus queria me ajudar. Eu orei fervorosamente para que ele removesse a minha aflição. Quando Ele não parecia estar fazendo isso, eu acreditei que Ele não se importava comigo" admitiu.
A vergonha não é uma emoção fácil de lidar, mas Tim garante que isso pode ser feito se as pessoas lerem os versículos bíblicos:  2 Coríntios 5:21, Romanos 5: 8 e Romanos 8: 37-39.
Ele ainda disse que muitos cristãos estão tão aterrorizados com o pecado que ficam estressados ​​por não se tornarem um fracasso moral. No processo, eles não conseguem aproveitar a vida e caem sob o feitiço da pornografia. Quanto mais eles tentam estar no controle de seus pecados, mais difícil se torna para eles serem libertados.
“A verdadeira liberdade para um crente em Jesus significa que não somos mais controlados por viver de acordo com certos padrões estabelecidos para nós. Se realmente pensamos sobre isso, não temos padrões para alcançar mais, porque não há nada que podemos fazer para ser aceito", ele explicou. "Você pode estragar todos os dias do resto de sua vida ou nunca estragar novamente. Deus lhe dá as boas-vindas”, finalizou

Guiame.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileiros são acusados de machismo e racismo na Copa da Rússia

Em vídeo viral, um grupo de homens se aproveita do fato de uma jovem russa não saber português para assediar a moça





A Copa da Rússia mal começou e algumas atitudes de torcedores brasileiros provocaram reações inflamadas na internet. Em um vídeo publicado na noite de sábado (16/6), alguns homens se aproximaram de uma jovem estrangeira, aparentemente russa, e fizeram uma gravação com ela. Nas redes sociais, o ato foi apontado como uma demonstração de machismo e racismo. Entre outros impropérios, o grupo cantou “essa buceta é bem rosinha”, referindo-se à cor da mulher. A moça, que obviamente não entende uma única palavra em português, cantou junto a eles, sem ter noção do desrespeito. A objetificação pela qual a estrangeira passa – uma pessoa é reduzida aos órgãos genitais – foi considerada ofensiva pelos internautas. Além do machismo alarmante, tendo em vista que um grupo de adultos achou por bem fazer comentários grotescos sobre o corpo de uma desconhecida na rua, há indícios de racismo…

Veja a lista dos deputados que querem uma CPI para acabar com a Lava Jato

O PT está no centro da articulação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar a suposta venda de “proteção” em delações premiadas por parte de advogados e delatores. Trata-se da "CPI das delações", com potencial para afetar os trabalhos da operação Lava Jato e até extingui-la. 

Segundo o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), trata-se de uma investigação sobre a "indústria da delação". Os pontos de partida serão as delações dos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Cláudio de Souza, integrantes do esquema comandado por Dario Messer, chamado de “doleiro de todos os doleiros”, que acusam o advogado Antonio Figueiredo Basto, um dos maiores especialistas do País em colaborações premiadas, de cobrar uma “taxa de proteção” de US$ 50 mil mensais (cerca de R$ 185 mil) de outros integrantes do esquema entre 2005 e 2013.
Veja quem são os deputados que assinaram o pedido: 


URGENTE: Fachin pede para 2ª Turma julgar mais um pedido de liberdade de Lula no dia 26

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu para ser incluído na pauta  do dia 26 o julgamento do pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  O julgamento será na Segunda Turma, integrada por cinco ministros. Caberá ao presidente  do colegiado, Ricardo Lewandowski, marcar uma data para o recurso ser analisado.  No recurso, a defesa do petista pede o efeito suspensivo da condenação do Tribunal  Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) até que os recursos sejam julgados.
Fachin tinha pedido à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, um parecer sobre o  assunto. Essa manifestação ainda não chegou ao STF. Na segunda-feira, Fachin recebeu o  advogado de Lula, Sepúlveda Pertence, em audiência. O advogado pediu rapidez no  julgamento do recurso.
Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo TRF-4 por corrupção passiva  e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá. Ele cumpre a pena desde o  início de abril na Superintendência da Polícia Federal…