Pular para o conteúdo principal

Pastor acolhe Suzane von Richthofen como missionária evangélica: "está mudada"

  • Arquivo Pessoal
    Pastor ajuda Suzane von Richthofen e noivo a se tornarem missionários em igreja
    Pastor ajuda Suzane von Richthofen e noivo a se tornarem missionários em igreja
"Desde que conversei com Suzane, conheci uma outra pessoa. Acredito que ela está mudada". Este é o depoimento do pastor Euclides Vieira, que está ajudando a detenta Suzane von Richthofen e o noivo, Rogério Olberg, a se tornarem missionários na Igreja do Evangelho Quadrangular. "Ela fala olhando nos olhos, se emociona quando ouve sobre o evangelho. Ela me passou confiança de uma recuperação".
Amigo de Rogério desde 2005, Euclides foi procurado no começo de 2016 para se aconselhar sobre o possível relacionamento com Suzane. "Ele queria uma opinião, saber o que eu achava da situação, pois eles estavam praticamente namorando", lembra o pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular de Itapetininga, no interior de São Paulo, em entrevista ao UOL.
Condenada a 39 anos de prisão pela participação na morte dos pais, Suzane converteu-se ao protestantismo e foi batizada pela Assembleia de Deus no presídio. "Neste ano, ele me pediu que os visse. Eu atendi no dia seguinte e conversei com eles, orei pelos dois", conta Euclides. "Eles expressaram a vontade de fazer a obra missionária. Ela iria anunciar o evangelho, dar o testemunho do Senhor."
Para se tornar uma obreira credenciada, como é chamado na igreja, é preciso seguir alguns passos. Primeiro, fazer um curso no Instituto Teológico Quadrangular. Depois, tem de passar por uma avaliação de especialistas e por uma série de entrevistas. "Então, a pessoa é levada para uma convenção e tem de ter uma indicação de um pastor local para ser aceita", explica Euclides. "Ela ficaria numa igreja fixa."
De acordo com o pastor, este processo leva entre dois e três anos. Por isso, ele sugeriu que ela começasse a fazer o curso por correspondência. "Mas se ela conseguir a liberdade em dezembro, como há a esperança, pode fazer presencial mesmo. Ainda está muito incerto, né?"
Euclides conta que vem recebendo duras críticas por apoiar a entrada de Suzane. "Quando a foto vazou e foi parar nas redes sociais, recebi um punhado de críticas, comecei a apanhar mais que pandeiro em samba."
Pastor há 14 anos, ele tem há nove um grupo próprio de auxílio a detentos e ex-usuários de drogas. "Já tive casos muito piores que os dela, mas como não são famosos, as pessoas não falam nada", argumenta Euclides. "Ela quer experimentar o que temos na igreja. Seu noivo é meu amigo, o Rogério é um menino bom, de caráter, mas eles estão sendo bombardeados. Tem dias que ele me liga por que não está aguentando a pressão."
Euclides admite, no entanto, que este é um assunto no mínimo polêmico. "Não é uma unanimidade nem dentro nem fora da igreja, recebo críticas de todos os lados, falando que eu estou defendendo uma assassina. Mas eu não defendo, eu acolho, acredito na recuperação dela. Não é isso que devemos fazer?"

Uol Notícias
https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/07/06/pastor-acolhe-suzane-von-richthofen-como-missionaria-evangelica-esta-mudada.htm

Comentários

Noely Rodrigues disse…
Na boa pastor o Senhor deveria era acolher o irmão dela que tá traumatizado até hj, usando droga por causa do que essa missionária do capiroto fez com os pais deles.Depois qdo as pessoas criticam vem se fazer de ofendidos.Faça me o favor viu!!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade