Pular para o conteúdo principal

Protesto de taxistas é marcado por confronto em frente à prefeitura PMs estão jogando bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar a mutidão.Também estão sendo disparados tiros de bala de borracha

.
O protesto de taxistas na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio - Fabiano Rocha / Agência O Globo

RIO - A manifestação de taxistas em frente à sede da prefeitura, na Cidade Nova, é marcada por confronto entre taxistas e policiais militares na manhã desta quinta-feira. Os policiais do Batalhão de Choque (BPchoq) estão jogando bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar a mutidão. Também estão sendo disparados tiros de bala de borracha.
Centenas de pessoas se encontram no local. Por volta das 9h, também houve uma confusão na Avenida Presidente Vargas. Um grupo de taxistas ocupou a via e um motorista acabou sendo detido por policiais militares. Colegas foram para a avenida e de braços dados cercaram os PMs. O detido por obstruir a via acabou sendo liberado após o alvoroço. Isso aconteceu a despeito dos pedidos de taxistas que ocupam o carro de som e que pediam aos colegas para desobstruírem a via.

O congestionamento é grande na região. Neste momento, apenas duas faixas, tanto na faixa lateral como na central estão liberadas ao trânsito.
Extra oficialmente, a prefeitura estima que 1.700 veículos cheguem até a sede do governo municipal para a manifestação. O Sambódromo, segundo a prefeitura, tem capacidade para receber 1.500 veículos, e o teleporto, 500 carros.
O diretor de operações do Sindicato dos Taxistas Autônomos do município do Rio, Hildo Braga, disse que o principal item da pauta de reivindicações é a anulação de um decreto da prefeitura regulamentando o transporte de passageiros por veículos particulares.
— Fomos surpreendidos a cerca de três semanas O decreto da prefeitura regulamentando a atividade de veículos particulares. Não aceitamos isso. Foi uma imposição sem negociação com o sindicato — reclamou Braga.

O PROTESTO DE TAXISTAS NO RIO


Táxi atingido por ovos. Veículo estava com passageiro Foto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Em protesto, taxistas partiram de vários pontos da cidade em direção à prefeituraFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


O congestionamento provocado por taxistas na Linha VermelhaFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


O protesto de taxistas na Avenida Presidente Vargas, no Centro do RioFoto: Fabiano Rocha / Agência O Globo


O protesto dos taxistas em frente à sede da prefeitura do RioFoto: Fabiano Rocha / Agência O Globo


Taxistas bloqueiam as pistas das Avenida Presidente Vargas, no Centro Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo


O trânsito congestionado na Avenida Presidente Vargas, no CentroFoto: Guilherme Pinto / Agência O Globo


Protesto de taxista provoca lentidão na Avenida Francisco Bicalho, no CentroFoto: Fabiano Rocha / Agência O Globo


Protesto de taxistas na Ilha do Governador. Grupo partiu com destino à sede da prefeituraFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Manifestante corre com ovos na mão para jogar e taxistas que não aderiram ao protestoFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Categoria reinvindica quatro ações em relação aos aplicativos de transporteFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


RI - Rio de Janeiro (RJ) 27/07/2017Taxistas fazem mannifestação saindo da Ilha do Governador em direção a Prefeitura no Centro do RioFotos: Pedro Teixeira/ O GloboFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Concentração de taxistas na Ilha do Governador para carreata em direção à sede da prefeitura do RioFoto: Rafael Nascimento / Agência O Globo


Os manifestantes na saída da Ilha do Governador Foto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Taxistas se concentraram em vários pontos. Na foto, a concentração na Ilha do Governador no início da manhãFoto: Pedro Teixeira / Agência O Globo


Taxistas durante a passagem pela Orla de Copacabana Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo
1 de 16AnteriorPróximo

Ele disse que a atividade de cerca de 100 mil veículos particulares no Rio contra 33 mil táxis é uma afronta à categoria e tem causado muitos transtornos, como prisões de motoristas por falta de pagamento de pensão alimentícia, por exemplo.


PUBLICIDADE


Outro organizador do evento, Alexandre Rezende teve a ideia de pedir a categoria que traga um quilo de alimento não perecível para ser distribuído a motoristas que passam por dificuldades financeiras. O alimento está sendo colocado armazenado dentro de uma caminhonete.

A todo instante morteiros são lançados por taxistas assustando pedestres e motoristas.












PUBLICIDADE
Leia mais: https://oglobo.globo.com/rio/protesto-de-taxistas-marcado-por-confronto-em-frente-prefeitura-21636609#ixzz4o2g6gMnD 
stest 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pré-candidato, Collor diz que não se arrepende de confisco da poupança

Ex-presidente falou sobre a prisão de Lula: "uma injustiça"

O ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PTC), em entrevista à Folha de S.Paulo publicada nesta sexta-feira (13), afirmou que o confisco das cadernetas de poupança implementado por seu governo "era uma necessidade absoluta" e que "faria do mesmo jeito" se tivesse que voltar àquele momento.


"Era uma necessidade absoluta. Se voltando àquele momento, faria do mesmo jeito. Tem a questão do próprio impeachment, que é uma coisa interessante", disse, ao ser questionado se o gesto foi um equívoco.


"O que houve foi um bloqueio do dinheiro que circulava na economia. A inflação estava em 82% ao mês. Havia instrumentos de especulação financeiros danosos, tínhamos que criar um ambiente em que pudéssemos fazer um congelamento de preços, que é algo terrível, uma medida que a gente deve evitar o quanto possível", disse ele na entrevista.


O senador disse ainda que continuará com a pré-can…

Briga entre advogados de Lula se torna explícita e agora envolve familiares

12911
A humilhação a que o abobalhado Cristiano Zanin submeteu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, extrapolou os limites do bom senso e da discrição e já envolve parentes dos envolvidos. A indignação do filho de Sepúlveda, Evandro Pertence, segundo conta o jornal Estadão, foi estampada no seguinte torpedo disparado contra Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Martins, num grupo de WhatsApp: “Não precisamos de vocês para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”. Lamentável que, certamente por dinheiro – não há outra explicação - Sepúlveda se nivele por tão baixo.
Perdemos um grande jurista para o PT. É mais um estrago provocado por esta infame organização criminosa. É também a demonstração da notória inteligência da seguinte expressão popular: "Quem com porcos anda, farelo come."
Informação do Jornal da Cidade 

Filho de Lula mergulha na depressão: "Meu mundo caiu"

O jovem Luís Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, está vivendo em estado de profunda depressão. A informação extremamente abalizada e fidedigna é da respeitabilíssima coluna Radar, da Revista Veja. O quadro depressivo teria se agravado após a prisão do ex-presidente. Luleco, como é conhecido o rapaz, é réu na Operação Zelotes, juntamente com o pai. Os seus advogados já conseguiram adiar o seu interrogatório por quatro vezes. Fortes rumores indicam que Lula, de dentro da cadeia, tenta conseguir através do deputado petista e atual presidente do Corinthians, Andrés Sanches, um time na Europa para o garoto trabalhar. Há quem diga que o seu estado tem se agravado bastante em função do temor de ser preso. Lula quer afastá-lo do Brasil.

Jornal da Cidade