Pular para o conteúdo principal

EUA: nova lei permite que agências de adoção cristãs neguem-se a entregar crianças para gays



O estado norte-americano do Texas é o sexto do país a blindar instituições confessionais
 contra eventuais processos Equipe Sempre FamíliaO governador do Texas, Greg Abbott, 
assinou em junho uma lei que protege o direito de agências de adoção cristãs de se negarem
a direcionar crianças para casais homossexuais. Chamada de Freedom to Serve Children
 Act, ou HB 3859, a lei permite que essas instituições recebam financiamento público sem 
temer retaliação por basear-se nos critérios de sua fé na escolha do destino das crianças.
“Somos muitos gratos ao governador Abbott por assinar a HB 3859 e por todo o esforço
 do deputado James Frank e do senador Charle Perry pela aprovação dessa lei que 
permitirá que agências de adoção confessionais do Texas possam servir as crianças
do Texas mantendo a fidelidade aos ensinamentos da nossa fé”, disse a diretora 
executiva da Conferência Católica dos Bispos do Texas, Jennifer Carr Allmon.
Um quarto das agências de adoção do Texas são confessionais. “Devido à crise
 das agências estatais, as instituições confessionais são chamadas a fazer mais
 para ajudar as crianças sem família. Muitas instituições querem fazer isso, mas
antes dessa lei, a legislação não as protegia”, disse um comunicado do grupo 
Texas Values.


Já a organização pró-LGBT Human Rights Campaign disse que a lei “consagra a 
discriminação na legislação texana” e “permite a discriminação de duas direções:
 contra possíveis pais e contra as crianças”. O grupo ressaltou o fato de que a lei
 também permite que as agências rejeitem não apenas casais homossexuais, mas
 “casais inter-religiosos, pais solteiros, casais em que um dos pais era divorciado,
ou outros casos em que possa haver objeção religiosa”.
O Texas é o sexto estado do país a aprovar uma lei como essa, juntando-se a
 Michigan, Alabama, Dakota do Sul, Dakota do Norte e Virginia. Em Boston, 
Illinois, São Francisco e a capital Washington foram registrados casos de agências
 de adoção católicas que, forçadas a encaminhar crianças para lares homossexuais,
 preferiram fechar as portas.
Com informações de Life Site News.

Site Front Católico

https://frontcatolico.blogspot.com.br/2017/08/eua-nova-lei-permite-que-agencias-de.html?m=1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade