Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

Raquel Dodge acaba com festa de Demóstenes e pede anulação da liminar concedida por Toffol

Raquel Dodge, procuradora-geral da República, encaminhou ao STF, este sábado, um recurso em que pede a anulação da liminar que


Raquel Dodge, procuradora-geral da República, encaminhou ao STF, este sábado, um recurso em que pede a anulação da liminar que permite que o ex-senador Demóstenes Torres seja candidato nas eleições de 2018.

A procuradora sustenta que é necessário agir imediatamente, “em nome da segurança jurídica que exige o pleito eleitoral de 2018 e em defesa da ordem jurídica”.

O ministro Dias Toffoli concedeu uma liminar que suspende a inelegibilidade do ex-senador.

No recurso, a procuradora-geral afirma que a pretensão de Demóstenes não poderia ser apresentada em forma de reclamação, uma vez que não há descumprimento por parte do Senado de nenhuma decisão do STF. Ela lembra que o ato da Mesa do Senado que oficializou a cassação é de 2012, e a decisão do STF é de 2017.

Na petição, a procuradora-geral enfatiza ainda que a decisão do Senado Federal pela cassação do então parlamen…

Generais do Exército se ‘rebelam’ ao alertar STF de Cármen Lúcia sobre caso Lula

Militares da reserva têm expressado situação de grande desconforto com a decisão do Supremo, em relação ao habeas corpus do ex-presidente Lula.


A presidente da mais alta instância do poder judiciário brasileiro, ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), atravessa uma dos momentos mais complicados em toda a sua gestão. A magistrada mineira, recentemente, delimitou a data para que fosse julgada a autorização para a análise de um habeas corpus preventivo impetrado pela defesa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.


Entretanto, a polêmica votação em colegiado no Plenário da Suprema Corte brasileira ocasionou um verdadeiro “efeito colateral”. Além de Lula ter angariado que fosse autorizada a votação de seu habeas corpus para a próxima quarta-feira (4) de abril, o ex-mandatário petista logrou ainda por meio de uma liminar para que não tenha decretada a sua prisão, pelo menos, até o julgamento do mérito do habeas corpus.

Clima de alta ‘tensão’ nos meios militar…

Tática De Sérgio Moro Atinge Rosa Weber, E Defesa De Lula Fica Apreensiva

Da Redação


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, durante entrevista no programa ”Roda Viva” da TV Cultura, chamou atenção ao elogiar a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), #Rosa Weber. A atitude de Moro soou como um recado à magistrada, que terá importante atuação no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, marcado para o dia 4 de abril.

Sérgio Moro disse que é possível notar grande qualidade na ministra Weber, elogiando a seriedade e técnica na forma de atuar no Supremo. No entanto, quem ficou ”furioso” com os elogios de Moro foi o advogado de defesa de Lula, Cristiano Zanin.


Na perspectiva de Zanin, Rosa Weber não poderá ceder a ”pedidos” vindos de assessores ou integrantes da Justiça, enfatizando uma indireta a Sérgio Moro.

No momento, o medo dos advogados de Lula é que a ministra do Supremo ceda a pressão dada por Moro e negue o habeas corpus de Lula. Rosa Weber mostra-se misteriosa quanto ao seu voto…

Dilma critica série "O Mecanismo" e Padilha responde: "se soubesse ler, não estaríamos com esse problema"

Dilma disse que a série é dissimulada e mentirosa mas não esperava essa resposta de José Padilha



por Júlia Marreto27/03/2018 às 11:17:03 - Atualizado em 27/03/2018 às 11:40:30
Compartilhe Twitter WhatsApp


Lançada na última sexta-feira (23), a série O Mecanismo, inspirada na operação Lava Jato, está dando o que falar, gerando discussão fazendo até com que a ex-presidente Dilma Roussef se pronuncie.

Em nota divulgada no último domingo (25), Dilma afirma que José Padilha, o cabeça por trás da série, é um "criador de notícias falsas".

Dizendo que: a propósito de contar a história da Lava Jato, numa série 'baseada em fatos reais', o cineasta José Padilha incorre na distorção da realidade e na propagação de mentiras de toda sorte para atacar, a ela e ao ex-presidente Lula.

A série tem como intérprete de seu protagonista o ator Selton Mello. Para "mascarar" alguns personagens reais, a produção optou por expressões como Polícia Federativa, Ministério Federal Público, …

Dois dias após ser solto por Toffoli, Maluf melhora e recebe alta do hospital

O deputado Paulo Salim Maluf, que recebeu um atípico "habeas corpus humanitário" do ministro Dias Toffoli, atropelando a decisão do ministro responsável pelo processo, melhorou da dor nas costas que o acometia, e recebeu alta do hospital, conforme o repórter Daniel Adjuto, do SBT. Maluf será transportado para São Paulo, onde comemorará a Páscoa com a família.
Politica na Rede

MST planejava atentado falso contra Lula desde janeiro. Inteligência paranaense monitorou articulações

Vítima de um atentado, Lula seria elevado à condição de mártir29/03/2018 às 16:04


Teoria da conspiração ou não, o fato é que no início de janeiro deste ano, o jornal O Paraná divulgou que uma fonte do MST teria revelado que o grupo de baderneiros estaria planejando um falso atentado à vida do ex-presidente petista, Luiz Inácio “Lula” da Silva. A matéria é do dia 7 de janeiro, portanto, anterior ao julgamento em segunda instância do ex-presidente no TRF4. O objetivo do MST seria inundar Porto Alegre no dia do julgamento e falsamente atentar contra a vida de Lula, numa tentativa de incriminar os opositores e transformar o petista em mártir. Segundo o jornal, ainda, os serviços de inteligência da Paraná estavam a par das articulações, mas por motivos óbvios de segurança, não puderam revelar detalhes à reportagem. Além disso, os serviços de inteligência estavam monitorando de perto líderes petistas durante o período.
Na matéria do dia 7 de janeiro foram publicadas algumas das especulações…

Centenas de procuradores e juízes vão ao STF por prisão em 2ª instância: 'nada justifica que o STF revise o que vem decidindo'

Membros do Ministério Público e da magistratura de todo o País vão entregar
 um super abaixo assinado pela prisão em 2ª instância aos onze ministros do
 Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira, 2, na antevéspera do
 julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula, condenado
 a 12 anos e um mês no caso triplex. Na quarta-feira, 4, os ministros analisam
 o mérito do pedido do petista para aguardar em liberdade os recursos contra a
 condenação na Operação Lava Jato.


Até as 10h desta sexta-feira, 30, mais de 330 promotores, procuradores e juízes
de todo o País já haviam assinado a nota técnica.


“Nada justifica que o STF revise o que vem decidindo no sentido de que
 juridicamente adequado à Constituição da República o início do cumprimento
 da sanção penal a partir da decisão condenatória de 2ª instância.
A mudança da jurisprudência, nesse caso, implicará a liberação de inúmeros
 condenados, seja por crimes de corrupção, seja por delitos violentos,
 tais como estu…

“Se soltar Lula, o STF vai ajudar a soltar traficantes”

SALVARBrasil 30.03.18 10:46
Rosa Weber terá de gaguejar um bocado para explicar a soltura de milhares de criminosos.
Quanto a Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello, é preciso punir nas urnas os seus padrinhos. O Antagonista

Dias Toffoli contra Edson Fachin: a oficialização da baderna no STF

SALVARBrasil 30.03.18 10:50


De um observador da cena jurídico-política:
“A liminar que concede prisão domiciliar a Paulo Maluf é grave, porque oficializa a baderna no STF. É liminar do ministro Dias Toffoli contra ato do ministro Edson Fachin.
Quando se deseja bagunçar um tribunal, basta começar a dar liminares contra decisões de colegas, em HCs e mandados de segurança.”
O Antagonista

Rússia expulsa 60 diplomatas americanos e fecha consulado dos EUA em São Petersburgo

Na segunda-feira (26), Estados Unidos também expulsaram funcionários e diplomatas russos de seu território.


Por G1





O ex-espião russo Sergei Skripal fala com sua advogada de trás das grades em uma corte em Moscou em foto de 9 de agosto de 2006 (Foto: AP Photo/Misha Japaridze, File)



Em mais um desdobramento da crise do ex-espião russo envenenado na Inglaterra, a Rússia expulsou 60 diplomatas americanos e fechou o consulado dos Estados Unidos em São Petersburgo.


A chancelaria disse que declarou 58 diplomatas em Moscou e duas autoridades do consulado geral de Ecaterimburgo como persona non grata por causa da crise desencadeada pela intoxicação do ex-agente duplo russo Sergei Skripal em 4 de março.


Segundo comunicado oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, funcionários americanos terão até o dia 5 de abril para deixar o território.


O Departamento de Estado dos EUA disse que a medida é "injustificada" e que Washington se reserva ao direito de responder.




Retaliação à Rúss…

Papa Francisco afirma que 'inferno não existe', diz jornal italiano

Afirmação foi feita em encontro com Eugenio Scalfari, 93, um dos fundadores do jornal 'La Repubblica'. Vaticano diz que conversa ocorreu durante encontro privado e 'nenhuma aspa' do artigo deve ser considerada como transcrição fiel.




Papa Francisco acena ao chegar para a audiência geral de quarta-feira na praça de São Pedro, no Vaticano (Foto: Max Rossi/Reuters)



O papa Francisco disse que "o inferno não existe" segundo uma entrevista publicada nesta quinta-feira (29) pelo jornal italiano "La Repubblica". O Vaticano desmente a afirmação.


"O inferno não existe, o desaparecimento das almas dos pecadores existe", teria dito o pontífice a Eugenio Scalfari, 93, fundador e ex-editor-chefe do jornal romano. O artigo só pode ser lido na internet por assinantes, mas foi repercutido pelo inglês "The Times".


Em nota, o Vaticano afirma que Francisco recebeu o jornalista em um "encontro privado por ocasião da Páscoa", mas que a audiência …

Suspeitos de atacar Caravana de Lula, sao denunciados ao MP do Paraná

Reprodução

Cenas de violência marcaram passagem de Lula pelo Sul


Um grupo de dez pessoas foi denunciado nesta quarta-feira (28) ao Ministério Público do Paraná (MP-PR) por suspeita de participação em atentados contra a caravana que o ex-presidente Lula promove na região Sul. Uma queixa-crime foi entregue ao procurador Olympio de Sá Sotto Maior pelo Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia (Caad), que reuniu e-mails e mensagens de grupos de WhatsApp em que os acusados tramaram ações contra a caravana.
Nos últimos dias, petistas e simpatizante de Lula foram atacados com pedras, ovos e outros tipos de hostilização por moradores de cidades como Bagé e Caxias do Sul. Até tiros foram disparados em um dos ônibus e há relatos de que uma janela foi quebrada ao lado da poltrona em que estava sentada a ex-presidente Dilma Rousseff. Em outra ocasião, produtores rurais levaram tratores e automóveis para barrar a passagem dos ônibus, interrompendo o fluxo em rodovias. Houve confrontos físico…

URGENTE: Toffoli liberta Maluf

O ministro Dias Toffoli mandou para prisão domiciliar o deputado Paulo Salim Maluf. Maluf vinha pedindo a prisão domiciliar alegando graves problemas de saúde, mas seus pedidos vinham sendo negados. Hoje, Maluf foi internado em um hospital após ter um mal-estar. Há relatos de que o deputado teria tido uma crise de pânico após ser informado que seu habeas corpus não seria julgado antes do feriado, já que os ministros do

Senadora Ana Amélia enfrenta petistas: 'não vão me transformar em bode expiatório'

Imagem: Reprodução / Redes Sociail

Os senadores petistas partiram para o ataque contra a senadora Ana Amélia Lemos, que elogiou os manifestantes gaúchos por expressarem sua revolta contra a "caravana" do ex-presidente Lula. Em um verdadeiro ataque coordenado, os senadores tentaram impedir Ana Amélia de falar, mas ela os enfrentou e recusou-se a ser o bode expiatório da turma.


Assista: 

PF fica de fora das investigações sobre tiros contra caravana

A Polícia Federal ficará de fora da investigação dos tiros desferidos contra a caravana do PT na noite de terça-feira no Paraná. Pelo menos por enquanto. Segundo Vera Magalhães, no site BR18, “a decisão é para evitar a politização do caso: não há nada que aponte, até aqui, para um crime político. “ “O Ministério da Segurança Pública mantém canal com o governo do Paraná, cuja Polícia Militar comanda as investigações e as perícias nos ônibus e nos projéteis.” “A única participação federal efetiva até aqui é da Polícia Rodoviária Federal. “ Via: PAPOTV