Pular para o conteúdo principal

Defesa de Lula pede liminar ao STJ para suspender Lei da Ficha Limpa .Foi pedida uma liminar para que se afaste qualquer tipo de impedimento, com base na Lei da Ficha Limpa, para que ele não possa registrar sua candidatura




Lula: pelo teor de sua condenação, ele deverá ter a candidatura barrada na Lei da Ficha Limpa (Lula/Facebook/Divulgação)

Brasília – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou na noite da segunda-feira recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a fim de tentar reverter no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do tríplex do Guarujá (SP) e também garantir o direito a ele de se candidatar novamente ao Palácio do Planalto.


O ex-presidente –líder nas pesquisas de intenção de voto ao Planalto– cumpre pena desde o dia 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) de 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado.

Nos recursos ao STJ e ao STF, os advogados do petista pediram que seja concedida uma liminar para que se afaste qualquer tipo de impedimento, com base na Lei da Ficha Limpa, para que ele não possa registrar sua candidatura presidencial.

Por ter sido condenado por órgão colegiado em segunda instância, no caso a 8ª Turma do TRF-4, Lula deverá ter a candidatura barrada na Lei da Ficha Limpa.

Os recursos foram apresentados ao TRF-4, a quem cabe fazer uma análise da admissibilidade de cada um deles. Essa apreciação é feita pela Vice-Presidência do Tribunal, atualmente ocupada pela desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère. Mesmo em caso de negativa, a defesa poderá entrar com novo recursos para que eles sejam apreciados em cada uma das cortes superiores.

Ao STJ, no chamado recurso especial, os advogados questionam que a condenação pelo tribunal contrariaram dispositivos de lei federal.

Contestam, por exemplo, a impossibilidade de o processo ter sido julgado pelo juiz Sérgio Moro, a quem dizem ter perdido a isenção, de procuradores terem atuado como “verdadeiros inimigos” do réu, a falta de elementos necessários para configurar os crimes e que a condenação foi baseada na palavra de um corréu.

“No recurso especial, a defesa do ex-presidente pede que o STJ, a partir dos fatos reconhecidos pelo TRF-4, reconheça a contrariedade aos artigos de lei federal indicados nas razões recursais e reforme os acórdãos proferidos por aquela corte regional para absolver Lula ou, então, para declarar a nulidade de todo o processo”, disseram os advogados do ex-presidente Cristiano Zanin e Valeska Martins, em nota

Ao STF, por meio do recurso extraordinário, a defesa do ex-presidente contesta as decisões do TRF-4 que contrariaram dispositivos da Constituição, que tratam, entre outros aspectos, da proibição do juízo de exceção, da necessária observância da impessoalidade pelos procuradores, da garantia da presunção de inocência e da impossibilidade de se impor uma condenação sem fundamentação racional, objetiva e imparcial.

“Também com base nos fatos definidos pelo TRF-4, a defesa pede no recurso extraordinário que seja reconhecida a contrariedade a esses artigos do Texto Constitucional e, como consequência, que os acórdãos proferidos pela corte regional sejam reformados para reconhecer a inocência de Lula ou a nulidade de todo o processo”, acrescentou.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda. países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola Guiné equatorial Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R4 2 Bilhões na Ilha que ficou mais conmhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões.Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

Bolsonaro volta a defender castração química para estupradores

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender a castração química para estupradores em debate da Band, na noite desta quinta-feira. Ele foi questionado pelo senador Alvaro Dias (Podemos) sobre o que deveria ser feito para combater o crescimento do número de estupros e a desigualdade de gênero no Brasil.
O Brasil registrou 60.018 estupros, 164 casos por dia, e 221.238 crimes enquadrados na Lei Maria da Penha (606 casos por dia) ao longo de 2017. O número de estupros representa um crescimento de 8,4% em relação a 2016, mas não é possível saber a variação relativa aos casos de violência doméstica, já que este é o primeiro ano que o Fórum Brasileiro de Segurança Pública captou dos Estados dados dessa natureza.
Especialistas do Fórum acreditam que ambos os registros estejam subdimensionados dada a dificuldade de registro na polícia desses crimes. Ainda assim, a quantidade é considerada alarmante e pede a implementação de políticas específicas.

IstoÉ

A carta de princípios de Bolsonaro

Jair Bolsonaro não vai apresentar ao TSE um programa de governo tradicional, mas uma carta de princípios.

Segundo a Folha, o candidato vai dar ênfase à Segurança Pública, propor o corte de mais de uma dezena de ministérios e detalhar um pouco mais o plano econômico de Paulo Guedes.

Haverá ainda uma parte dedicada ao combate à corrupção. “A ideia de Bolsonaro é se apresentar para o eleitor como o único candidato à Presidência que manterá o funcionamento da Operação Lava Jato”.
A equipe de Bolsonaro estuda ainda zerar impostos e complementar a renda dos mais pobres.
O Antagonista