Pular para o conteúdo principal

PF pede transferência de Lula com urgência


A militância petista vem causando transtornos a toda a região
Imagem: Eduardo Anizelli / Folhapress













A Superintendência da Polícia Federal de Curitiba 
pediu à Justiça a transferência de Lula para
 "um estabelecimento prisional adequado 
para o cumprimento da pena imposta".

Em ofício "urgente"endereçado à juíza Carolina 
Lebbos, da execução penal, os policiais afirmam 
que os transtornos causados pela presença 
do ex-presidente na carceragem da PF são inúmeros 
e os gastos para mantê-lo, muito altos.


De acordo com o documento, "tem-se uma 
perspectiva de gastos de aproximadamente
 R$ 300 mil" no mês com diárias de policiais, 
passagens e deslocamentos de pessoal 
de outras unidades para reforçar a 
segurança da superintendência.

Em cerca de quinze dias, já foram gastos
 R$ 150 mil. 

Os delegados afirmam ainda temer a proximidade 
do 1º de Maio, Dia do Trabalhador. 
"Diante da circunstância da prisão do 
ex-presidente da República, todos os movimentos 
sociais e de trabalhadores estão se organizando
 para trazer para Curitiba o evento principal do
 feriado. Em informações preliminares fala-se
 em uma concentração de até 50 mil pessoas".

Eles argumentam que "toda a região" em 
torno da Superintendência da PF "teve a 
sua rotina alterada, como profundas 
modificações na circulação de pessoas e
 veículos" já que apoiadores de Lula se 
reúnem diariamente perto do local.

Afirmam também que as instalações da PF 
não são adequadas para um preso nas 
condições de Lula e que a sala em que ele se 
encontra não é apropriada "para a longa 
permanência de pessoas alojadas", 
tendo sido improvisada.

"As dependências da custódia de presos da 
unidade são muito limitadas e não se
 destinam a execução de penas ou 
mesmo à permanência regular de presos", 
afirmam. "As instalações têm essencialmente 
a natureza de trânsito, ou seja, destinadas a
 presos em flagrante apresentados ao plantão da
 sede e à custódia de presos tutelares até que se
 tenha as vagas correspondentes para as 
transferências ao sistema carcerário estadual."

A Polícia Federal lembra ainda "a ausência de 
sala de Estado Maior para custódia de 
presos que possuem esta prerrogativa [caso de
 Lula] ou que tenha sido a eles deferida, 
gerando a adequação improvisada de
 espaço para atendimento de todos os 
parâmetros determinados pelo juiz
 competente". 

Afirmam ainda que o combinado era 
que Lula permanecesse por pouco tempo 
na PF.

"Em que pese a existência de planejamento 
prévio visando o atendimento das 
ocorrências das manifestações publicas, 
(...) a premissa sempre foi a de que a custódia
 do ex-presidente da Republica se daria no âmbito
 da Superintendência da PF em Curitiba apenas 
por alguns dias", afirmam.

Eles se referem ainda à "grande dificuldade de manter 
os serviços à população" e à "possibilidade de 
episódios de violência" nas cercanias da PF.

Reclamam também dos "reiterados pedidos de 
visitas" a Lula, o que alteram a rotina do
 órgão, dificultando o seu funcionamento.

Folha  Política 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O sumiço da Faca e o registro na Câmara: Adelio não agiu sozinho, alerta Alexandre Garcia (Veja o Vídeo)

Algo de muito podre ronda a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados.

Após o golpe em Jair Bolsonaro, Adelio se livrou rapidamente da faca. Tudo indica que repassou para alguém, tanto é que a ‘arma branca’ foi encontrada numa barraca de ambulante, nas imediações. Alguém jogou esta faca onde foi achada. Parece óbvio. A questão do registro na Câmara também deve ser cuidadosamente examinada. Algo de muito podre ronda a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados. O diretor do setor alega que um recepcionista registrou por engano a entrada de Adélio Bispo de Oliveira no local, no dia 6 de setembro, o dia do atentado contra Jair Bolsonaro. Ora, foram constatados os registros de duas entradas do criminoso. O tal servidor registrou por engano duas vezes? E o nome do servidor distraído agora é mantido sob sigilo? Parece óbvio que caso o atentado tivesse sido exitoso e no meio da multidão Adelio alcançasse a fuga, o álibi estaria pronto. Esse era o plano e isto parece bem claro. Veja o vídeo…

PT atrasa pagamentos e funcionários da campanha cruzam os braços

Por causa de atraso nos pagamentos, parte dos funcionários da campanha do PT à Presidência nas eleições 2018 decidiu cruzar os braços e interrompeu os trabalhos nesta semana, em meio à substituição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato, por Fernando Haddad como cabeça de chapa. Os profissionais integram as equipes responsáveis pela produção dos programas eleitorais do partido para a TV, o que ameaça a entrega dos novos comerciais da coligação.
O Estadão/Broadcast apurou que parte da equipe de pré e pós-produção de vídeo da campanha petista está parada há pelo menos dois dias, o que pode atrapalhar a produção de programas dedicados a apresentar Haddad como indicado de Lula, cuja candidatura foi barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na lei da Ficha Limpa, que torna inelegível condenados por decisão colegiada.
A paralisação dentro da campanha começou, de maneira progressiva, na semana passada, durante o feriado de 7 de Setembro. Os co…

Alvaro Dias chama Bolsonaro de “vagabundo bandido” e “quase morto” e recebe resposta do senador Magno Malta

Sem saber que estava sendo gravado, Álvaro Dias aproveitou para destilar todo o seu veneno com comentários maldosos sobre Jair Bolsonaro. O candidato do Podemos afirmou que Bolsonaro é um “vagabundo bandido” e que ‘ta quase morto”. Ainda no mesmo trecho, Dias afirma que “se não fosse a facada eu estaria destruindo ele hoje.”
Alvaro Dias ataca Bolsonaro e recebe A RESPOSTA de Magno Malta