Pular para o conteúdo principal

SOMANDO TODAS AS FALCATRUAS DE LULA TOTALIZA PENA DE QUASE 120 ANOS DE CADEIA




Além do processo do triplex, no qual já foi condenado a 12 anos e um mês de reclusão, outras seis ações em curso contra o ex-presidente, e mais uma denúncia sob exame da Justiça, preveem sanções pesadas para petista; código penal não permite mais de 30 anos em regime fechado.

Lula pode pegar até 118 anos de prisão. Além do processo do triplex, no qual já foi condenado a 12 anos e um mês de reclusão, o ex-presidente responde a outros seis processos, e mais uma denúncia criminal ainda sob exame da Justiça, que podem dar a ele pesadas sanções penais – a pena mínima, somadas as que estão previstas para os crimes atribuídos ao petista, chegam a 29 anos, sem contar a já aplicada a ele no caso do imóvel do Guarujá (SP).


As ações abarcam os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, obstrução de Justiça e tráfico de influência.



Duas das seis ações correm na Justiça Federal do Paraná, sob a tutela do juiz Sérgio Moro, que na quinta-feira, 5, decretou a prisão de Lula no processo do triplex.
Em uma ação, o ex-presidente é acusado de receber propina de R$ 12,5 milhões da Odebrecht para construção de uma futura sede do Instituto Lula, em São Paulo, e também um imóvel vizinho ao seu em São Bernardo do Campo.

Na outra ação conduzida por Moro, o ex-presidente é acusado de receber das empreiteiras OAS, Schahin e também da Odebrecht vantagens indevidas por meio de reformas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP).

Relembre outras ações em que Lula é réu

As outras quatro estão no Distrito Federal, sob a guarda dos juízes Vallisney de Souza Oliveira e Ricardo Leite, titular e substituto da 10.ª Vara Federal. Lá estão casos relacionados às operações Janus, Lava Jato e Zelotes.

Apesar do tempo superlativo da pena a que Lula está sujeito, o Código Penal não permite que um condenado passe mais de 30 anos em regime fechado. E também é muito difícil que Lula, mesmo reincidente, tenha condenação máxima em todos os casos.

“Por mais que (Lula) já seja reincidente, não alcançaria um patamar máximo. Sendo realista, estaria num patamar intermediário, uns 50, 60 anos, incluindo o caso do triplex. Teria no mínimo um quinto ou um sexto para cumprimento em regime fechado”, aponta o criminalista Fernando Castelo Branco, coordenador do curso de pós-graduação em Direito Penal do IDP-SP.

Castelo Branco também lembra que, já idoso, o ex-presidente, de 72 anos, pode ao longo dos anos alegar – e comprovar – problemas de saúde que dificultem sua permanência na cadeia. Com esse argumento, o deputado Paulo Maluf (PP/SP), ex-prefeito de São Paulo, conseguiu, mês passado, prisão domiciliar.

Corrupção passiva, ao qual Lula responde em quatro ações: 1 a 8 anos de prisão.

Lavagem de dinheiro, também quatro casos: 3 a 10 anos
Obstrução de Justiça, um caso: 3 a 8 anos

Organização criminosa, duas ações: 3 a 8 anos
Tráfico de influência, uma ação: 2 a 5 anos

COM A PALAVRA, A DEFESA

A defesa de Lula tem negado reiteradamente todos os crimes de que o ex-presidente é acusado. O petista alega ser alvo de perseguição política.

NBO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eunício pede ao STF para que negue pedido de votação aberta na eleição do Senado

Eunício Oliveira acaba de enviar um ofício ao STF pedindo para que Marco Aurélio Mello não acate o pedido para que a votação para a presidência do Senado seja aberta.

O Antagonista

EUA reagem ao envio de bombardeiros russos à Venezuela

Autoridades dos Estados Unidos reagiram vigorosamente ao envio de bombardeiros estratégicos russos TU-160 para a Venezuela. Autoridades do Pentágono disseram que dois bombardeiros russos – o Tupolev TU-160 BlackJacks, que pode voar a velocidades supersônicas – estão na Venezuela, junto com todos equipamentos necessários para reabastecimento e manutenção. Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, condenou a decisão de Moscou de enviar os bombardeiros nucleares para a Venezuela. Ele declarou:

Filha de João de Deus diz ter sido abusada pelo pai quando criança

Uma das filhas do médium João de Deus afirmou que sofreu abusos sexuais do pai dos 10 aos 14 anos. A afirmação foi feita em entrevista gravada em 2016 por uma rádio de Goiânia e exibida pelo “Jornal da Record” na noite desta terça-feira (11). “Ele é manipulador. Ele é mau. Ele é estranho, é diferente. Eu já pedi muito a Deus que ele se arrependesse do que fez e faz”, afirmou Dalva Teixeira no vídeo, segundo informações do “UOL“. Segundo ela, sua mãe havia tido um relacionamento breve com o médium e ela só conheceu o pai quando tinha 10 anos. “[Quando o conheci], ele tirou minha roupa toda, tirou a dele e ficou a noite inteira me molestando”, afirmou. De acordo com Dalva, os casos de abuso se repetiram por quatro anos. “Isso foi até os 14 anos, quando então eu me casei para sair de casa.”