Pular para o conteúdo principal

Com ação sobre doleiros, MPF vê chance de reabrir investigações anuladas pela Justiça


Imagem: Fábio Teixeira / Folhapress




















Com a prisão dos maiores doleiros do país, a força-tarefa da Lava Jato no Rio, 
responsável pela operação Câmbio, Desligo, vê possibilidade de retomar investigações
 que foram anuladas pela Justiça, como a Satiagraha e a Castelo de Areia. Operadores 
citados nesses casos estão entre os 33 presos da mais recente ofensiva do MPF fluminense. 
Para os procuradores, se novas provas sobre apurações já encerradas surgirem em 
eventuais delações, está aberto o caminho para revisitar antigas suspeitas.

Tanto a Satiagraha como a Castelo de Areia foram anuladas porque a Justiça entendeu
que houve irregularidade na coleta de provas ou falhas formais nos processos.
Para a Lava Jato fluminense, não haveria impedimento para reanalisar fatos a partir de
fontes novas.


Por essa tese, apenas acusações que estejam prescritas ficariam fora do alcance dos
procuradores.


Um dos alvos da Câmbio, Desligo é o doleiro Marco Antônio Cursini, responsável pela
delação que originou a Castelo de Areia. A defesa dele tem dito descartar nova
colaboração.


Autoridades que atuaram nas operações que foram anuladas especulam que, além de
empreiteiras e de políticos, possíveis novas delações de doleiros implicariam
também bancas de advocacia.

Politica na Rede

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eunício pede ao STF para que negue pedido de votação aberta na eleição do Senado

Eunício Oliveira acaba de enviar um ofício ao STF pedindo para que Marco Aurélio Mello não acate o pedido para que a votação para a presidência do Senado seja aberta.

O Antagonista

EUA reagem ao envio de bombardeiros russos à Venezuela

Autoridades dos Estados Unidos reagiram vigorosamente ao envio de bombardeiros estratégicos russos TU-160 para a Venezuela. Autoridades do Pentágono disseram que dois bombardeiros russos – o Tupolev TU-160 BlackJacks, que pode voar a velocidades supersônicas – estão na Venezuela, junto com todos equipamentos necessários para reabastecimento e manutenção. Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, condenou a decisão de Moscou de enviar os bombardeiros nucleares para a Venezuela. Ele declarou:

Jornalistas da grande mídia celebram prêmio falso para repórter da Folha

Profissionais de veículos da grande mídia brasileira estão parabenizando uma jornalista da Folha por um prêmio falso divulgado por perfil paródia no Twitter. Tudo começou com um tuíte do usuário @monicabengamo no Twitter. O perfil aparenta ter viés humorístico, uma espécie de paródia com a jornalista da “Folha de S. Paulo“, Mônica Bergamo. A mensagem original foi publicada na sexta-feira (14) às 16h40 (horário de Brasília).  “A competente colega Patrícia Campos Mello acaba de ganhar o Prêmio Folha Brasileiro do Ano 2018. O Prêmio a reconheceu como “Guardiã da Verdade”, afirma o perfil.