Pular para o conteúdo principal

Lula está implorando para sair da prisão. Petista desaba após derrota de recurso no STF




O ex-presidente Lula desabou após a derrota de seu mais importante recurso no Supremo Tribunal Federal confirmada pelo plenário virtual da Corte. É neste 'ambiente' que os ministros escolhem quais recursos serão analisados em plenário, por terem repercussão geral. Mais recentemente, a Corte decidiu transferir para o ambiente digital também o julgamento dos agravos regimentais e embargos de declaração em listas.

Lula depositava uma esperança adicional neste recurso, no qual pedia para ser solto, alegando que sua prisão só deveria ter ocorrido após a análise dos últimos embargos apresentados ao Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre.O ministro Luiz Edson Fachin havia liberado o julgamento do recurso para plenário virtual na Segunda Turma. composta pelos ministros Celso de Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e o próprio Fachin.

A expectativa de Lula era a de que, em um julgamento 'virtual' onde os ministros não precisariam mostrar a cara sendo julgado pela Segunda Turma, composta por ministros 'simpáticos' ao PT, ele conseguiria se safar da prisão e disputar a eleição.

Todo o entusiasmo de Lula e de seus subordinados veio abaixo após o anúncio do voto de Gilmar Mendes, o terceiro a votar contra o recurso do petista. No início da noite desta quarta-feira, 09, o ministro Ricardo Lewandowski, quarto a votar, também negou o pedido de Lula. Foi a gota d'água para o condenado que começa a enfrentar um inverno rigoroso na prisão em Curitiba.

Lula tem implorado para se livrar da prisão não apenas para poder interferir no processo eleitoral, mas também para tentar conter a desmobilização total da militância. O acampamento em frente ao prédio da Polícia Federal está se dissolvendo, o petista perde cada vez mais espaço na imprensa e as chances do petista sair da cadeia são cada vez mais remotas. Para piorar, Lula não possuiu nenhum interlocutor respeitado pela sociedade para falar por ele.  Condenado em segunda instância a 12 anos e 1 mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, Lula vai continuar implorando para sair da prisão por muito tempo.

Abatido com a derrota, o ex-ministro do STF, Sepúlveda Pertence, advogado de defesa de Lula, reconheceu mais esta derrota. É uma realidade, não era uma defesa final. Vamos continuar a luta agora nos recursos especial e extraordinário, que permitirão ao Supremo um exame mais concreto e substancioso do processo”, comentou Sepúlveda, sem demonstrar muita esperança em livrar seu cliente da cadeia nos próximos meses.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…