Pular para o conteúdo principal

Prédio desaba durante incêndio no centro de São Paulo


De acordo com o Corpo de Bombeiros, o prédio já havia passado por vistoria, na qual foram
relatadas as péssimas condições do local

Por Da Redação



 Prédio desaba durante incêndio no centro de São Paulo
Prédio desaba durante incêndio no centro de São Paulo (@bombeirosPMESP/Divulgação)





De acordo com o Corpo de Bombeiros, o prédio já havia passado por vistoria,
na qual foram relatadas as péssimas condições do local às autoridades do município.
 De acordo com a corporação,os compartimentos entre os andares eram divididos
por madeira, o que ajudou a propagar as chamas.

Ainda não há confirmação de mortos ou feridos. A Defesa Civil Estadual está no
 local e realiza cadastramento de todas as famílias que poderiam estar no prédio
 no momento do incêndio. Um edifício vizinho também foi atingido e as chamas
se espalharam por dois andares. Ele foi esvaziado e interditado. Segundo o
Corpo de Bombeiros, o risco de colapso é mínimo e não há vítimas deste incêndio.

Atualizando Oco de Incêndio. Estamos aguardando novas informações do local do incêndio, ainda não confirmamos numero de Vítms.



A Polícia Militar e a Companhia de Engenharia de Tráfego foram acionadas e
 auxiliam os trabalhos na região. Ambulâncias do Serviço de Atendimento
Móvel de Urgência (SAMU) estão de prontidão para atender as vítimas.

Comerciantes da região relatam correria nas ruas, com clientes deixando hoteis
 vizinhos às pressas. As testemunhas dizem que quebraram vidraças, se
espalhando rapidamente pelos andares e atingindo os prédios vizinhos.
Veja também

“Eu estava em horário de serviço e escutei várias pessoas gritando, barulho
de vidros caindo. Quando fui ver o que era, as ruas, que estavam desertas,
ficaram cheias de pessoas desesperadas”, disse o recepcionista Flávio Gabia,
 que trabalha em um hotel no Largo do Paissandu. Segundo ele, vários clientes
deixaram o estabelecimento quando viram o incêndio. Um hotel ao lado dos
edifícios em chamas também foi esvaziado e interditado.

Devido ao combate às chamas, a CET interditou o trecho entre a avenida
 Rio Branco e a rua Antônio de Godói e recomenda aos motoristas que evitem
passar pela região do Largo do Paisandu. Três quarteirões estão fechados na região.

Moradores da região conseguiram registrar o momento em que a construção desabou:

Moradores da região conseguiram registrar o momento em que a construção desabou:


O prédio antes do incêndio - imagem Google O prédio antes do incêndio – imagem Google
O prédio antes do incêndio – imagem Google (Reprodução Google/VEJA)





















(Com Estadão Conteúdo e Agência Brasil)













Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eunício pede ao STF para que negue pedido de votação aberta na eleição do Senado

Eunício Oliveira acaba de enviar um ofício ao STF pedindo para que Marco Aurélio Mello não acate o pedido para que a votação para a presidência do Senado seja aberta.

O Antagonista

EUA reagem ao envio de bombardeiros russos à Venezuela

Autoridades dos Estados Unidos reagiram vigorosamente ao envio de bombardeiros estratégicos russos TU-160 para a Venezuela. Autoridades do Pentágono disseram que dois bombardeiros russos – o Tupolev TU-160 BlackJacks, que pode voar a velocidades supersônicas – estão na Venezuela, junto com todos equipamentos necessários para reabastecimento e manutenção. Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, condenou a decisão de Moscou de enviar os bombardeiros nucleares para a Venezuela. Ele declarou:

Jornalistas da grande mídia celebram prêmio falso para repórter da Folha

Profissionais de veículos da grande mídia brasileira estão parabenizando uma jornalista da Folha por um prêmio falso divulgado por perfil paródia no Twitter. Tudo começou com um tuíte do usuário @monicabengamo no Twitter. O perfil aparenta ter viés humorístico, uma espécie de paródia com a jornalista da “Folha de S. Paulo“, Mônica Bergamo. A mensagem original foi publicada na sexta-feira (14) às 16h40 (horário de Brasília).  “A competente colega Patrícia Campos Mello acaba de ganhar o Prêmio Folha Brasileiro do Ano 2018. O Prêmio a reconheceu como “Guardiã da Verdade”, afirma o perfil.