Pular para o conteúdo principal

Faustão ignora Globo, solta indireta e eleitores de Bolsonaro se revoltam









O apresentador Faustão, o cantor Dinho Ouro Preto e a atriz Fabíula Nascimento teceram críticas políticas durante o Domingão do Faustão deste domingo (3). Sem citar nome de nenhum político, eles fizeram referência a um suposto salvador da pátria e os eleitores do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) têm a certeza de que a indireta foi para o deputado federal.

Faustão começou falando dizendo que o brasileiro hoje fala mais de política e pediu a opinião de Dinho. O vocalista da banda Capital Inicial concordou com o apresentador, mas criticou a situação política do país. “Brasil está passando por um momento difícil. Brasileiros olham em volta e não sentem muita confiança”, afirmou o cantor.

O apresentador então disse que não há partido decente nem sério. Em seguida, ele falou que o eleitor acaba indo atrás de um “salvador da pátria”. “Salvador da pátria não dá certo em time de futebol…”, afirmou Faustão.


Desconfiem de soluções simples. O Brasil é um problema complicado para resolver”, comentou Dinho Ouro Preto, após citar “populistas com algumas promessas impossíveis”. Em seguida, Faustão citou os problemas de 30 anos do Rio de Janeiro ao falar sobre a intervenção federal na Cidade Maravilhosa.

Para o apresentador, jogaram o problema nas costas do General Braga Neto para que tudo fosse resolvido em um mês. “Eu acho também que a gente tem que tomar cuidado em não eleger alguém que seja um radical”, comentou a atriz Fabíula Nascimento.


“O radical só tem uma visão, de um lado só, promete o que não vai cumprir e normalmente ele vai o que, vai com bravata… Então não fica acreditando em internet o tempo todo não”, afirmou Faustão.

No Twitter, milhares de internautas que apoiam Jair Bolsonaro entenderam que indireta para o pré-candidato do PSL e criticaram Faustão e Rede Globo.




A Globo lixo e seus idiotas começaram a pegar pesado contra Bolsonaro...que bom: quanto mais bate mais cresce. @jairbolsonaro


Hoje o Faustão usou praticamente todo o "Domingão" para alfinetar o candidato @jairbolsonaro. Entre muitas indiretas, tentou atribuir a ele (Bolsonaro) a culpa pela atual situação do RJ, insinuando que "ele nada fez em 30 anos". Pergunta: E ele, em conluio com a Globo, o que fez?



Faustão fazendo campanha contra os "radicais" na eleição e aqueles que dizem que vão resolver tudo logo. Faltou só citar o CPF do @jairbolsonaro.
É o desespero da que está vendo a fonte secar.


Todo domingo tenho a impressão que o faz alusão ao @jairbolsonaro quando faz menções sobre eleição. Será que estou enganado ou o é anti @jairbolsonaro?

 Fobte 1 News
https://www.1news.com.br/noticia/511203/tv-e-famosos/faustao-se-junta-a-artistas-detona-politico-e-eleitores-de-bolsonaro-se-revoltam-8590-04062018


Comentários

A #globolixo usando seus programas para bater em #bolsonaro2018, mas quanto mais bate, mais ele cresce.
#bolsonaro2018������
Faustão eu estou me divertindo com. Sua cara, vcs não são mais inteligentes Enem mais sábios que o povo brasileiro, agora chegou o fim de vcs, não consegui manipular mais ninguém, o Brasil vai vencer, com Bolsonaro Presidente, nós aqui em casa não acreditamos em nenhuma palavra que sai da boca de vcs, a TV acabou, somos todos redes sociais. Chegou o fim da TV e o seu fim barrigudo. Chora que e livre pra chorar.

Postagens mais visitadas deste blog

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Dilma e Gleisi vão a Cuba 'denunciar' situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, viajam na semana que vem para Cuba para participar do encontro anual do Foro de São Paulo, que congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Ali, as duas pretendem "fazer uma denúncia" sobre a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os petistas classificam como "prisão política".


"Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO. "Nós vamos ter todos os partidos de esquerda e centro-esquerda da América Latina reunidos lá, autoridades. E nós vamos para denúncia internacional." O encontro ocorre em Havana entre o domingo, 15 de julho, e a terça, 17. No site da entidade, já há destaques para a prisão do ex-presidente, como um "Mapa de Mobilização Mundial Lula Livre" e manifestações de políticos e entidades…