Pular para o conteúdo principal

“Descobri que a água da vida é para quem crê em Jesus”, diz xeique após se converter

O testemunho de conversão de um xeique muçulmano ao cristianismo foi compartilhado por um grupo de missionários que evangelizam na Europa. O homem, nascido e criado no islamismo, sonhou com Jesus após ouvir o Evangelho, e decidiu entregar sua vida ao Filho de Deus.
Sadik* (nome fictício adotado por questões de segurança) estava de férias com a família na Alemanha quando foi abordado por um grupo de missionários cristãos árabes, da organização CRU, em uma área comercial.
De acordo com informações do portal God Reports, o representante da missão CRU, Mike Duggins, relatou que essa é uma estratégia muito eficiente: "Todos os anos, homens, mulheres e famílias da Península do Golfo Árabe passam férias na Europa. E os membros da equipe da CRU estão compartilhando o Evangelho com esses turistas, aproveitando cada oportunidade".
Os missionários, de origem árabe como os turistas que são abordados, iniciam conversas com turistas desses países, distribuindo recursos cristãos e acompanhando o discipulado. "Em Munique, o missionário Mehdi* conheceu um xeique chamado Sadik na rua. O irmão de Sadik havia se tornado cristão, o que o entristecia. Mas ele disse que se o cristianismo fosse verdade, se alguém conseguisse convencê-lo disso, ele acreditaria", contou Duggins.
Uma das missionárias, chamada Nafisa*, aproximou-se de Mehdi e Sadik e conversou com ambos por um longo tempo. A certa altura, Nafisa questionou o xeique: "Você tem medo de que isso possa ser verdade?".
A pergunta "à queima-roupa", segundo Duggins, deixou Sadik sem resposta. No dia seguinte, Mehdi e Nafisa estavam de volta à rua, distribuindo material cristão e foram surpreendidos por Sadik, que retornou ao local para conversar mais com os missionários.
De acordo com Mike Duggins, a postura de Sadik estava diferente, e o desejo de conversar com os missionários era sincero. Ele revelou que havia tido um sonho na noite anterior e que sua percepção estava diferente.
"Eu estava no deserto correndo e estava com sede. Eu vi você lá, Nafisa. Você estava vestindo um manto branco, com uma cruz na frente e nas costas, e você estava oferecendo água fresca. Eu pedi água, mas você não me dava!", introduziu o xeique.
Sadik acrescentou que quando despertou do sonho, imediatamente reconheceu a fonte que havia visto. "O sonho mudou meu coração! Eu sabia que era de Deus e que a água da vida é apenas para aqueles que acreditam em Jesus. Então eu orei para que eu encontrasse vocês novamente, o que aconteceu agora!", afirmou.
Dessa forma, no meio da rua em uma área comercial, ele inclinou a cabeça com os dois missionários e fez sua oração para se entregar a Jesus Cristo. "O missionário Mehdi conseguiu continuar em contato com ele, discipulando-o, enquanto ainda estava naquela viagem missionária", concluiu Mike Duggins.
Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"A gente vai dar é porrada se não respeitarem a gente", ameaça Lula, após protestos.

O Ex presidente condenado Lula, enfrentando protestos por todos os lugares por onde passa sua "caravana" pelo Sul do Brasil, subiu o tom das ameaças. Lula disse: "A gente vai dá é porrada se não respeitarem a gente", chamando os cidadãos que pedem sua prisão de fascistas.

Fico imaginando o que ele faria se estivesse no poder hoje. Seria mais um Maduro tupiniquim, um ditador cerceando a nossa liberdade e dando ração ao povo.

Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné Equatorial e Congo não investirão mais no Brasil se Bolsonaro for eleito.

Bolsonaro já disse, não tem acordo com a esquerda, países como, Cuba, Venezuela, Bolívia, Angola, Guiné equatorial, Congo e entre outros, não levarão nenhum centavo do povo brasileiro.

O Paí já colocou R$ 42 Bilhões na Ilha que ficou mais conhecida como Ilha de Fidel. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.
Uma risonha presidente Dilma Rousseff inaugurou, ao do ditador cubano Raúl Castro, a primeira fase do Porto de Mariel, em Havana.

 Na época a presença de Dilma se devai a uma razão principal : a conta foi paga por ela- na verddae, por todos os brasieliros. O Mariel custou US$ 957 milhões de dólares, dos quais US4 802 milhões vieram de financiamento concedido pelo banco nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES).

 O montante equivale a 2 bilhões. Dinheiro que poderia modernizar nossos aeroportos, portos e rodovias.

Istoé notícia-Jornal 21 Brasil

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.