Pular para o conteúdo principal

“Descobri que a água da vida é para quem crê em Jesus”, diz xeique após se converter

O testemunho de conversão de um xeique muçulmano ao cristianismo foi compartilhado por um grupo de missionários que evangelizam na Europa. O homem, nascido e criado no islamismo, sonhou com Jesus após ouvir o Evangelho, e decidiu entregar sua vida ao Filho de Deus.
Sadik* (nome fictício adotado por questões de segurança) estava de férias com a família na Alemanha quando foi abordado por um grupo de missionários cristãos árabes, da organização CRU, em uma área comercial.
De acordo com informações do portal God Reports, o representante da missão CRU, Mike Duggins, relatou que essa é uma estratégia muito eficiente: "Todos os anos, homens, mulheres e famílias da Península do Golfo Árabe passam férias na Europa. E os membros da equipe da CRU estão compartilhando o Evangelho com esses turistas, aproveitando cada oportunidade".
Os missionários, de origem árabe como os turistas que são abordados, iniciam conversas com turistas desses países, distribuindo recursos cristãos e acompanhando o discipulado. "Em Munique, o missionário Mehdi* conheceu um xeique chamado Sadik na rua. O irmão de Sadik havia se tornado cristão, o que o entristecia. Mas ele disse que se o cristianismo fosse verdade, se alguém conseguisse convencê-lo disso, ele acreditaria", contou Duggins.
Uma das missionárias, chamada Nafisa*, aproximou-se de Mehdi e Sadik e conversou com ambos por um longo tempo. A certa altura, Nafisa questionou o xeique: "Você tem medo de que isso possa ser verdade?".
A pergunta "à queima-roupa", segundo Duggins, deixou Sadik sem resposta. No dia seguinte, Mehdi e Nafisa estavam de volta à rua, distribuindo material cristão e foram surpreendidos por Sadik, que retornou ao local para conversar mais com os missionários.
De acordo com Mike Duggins, a postura de Sadik estava diferente, e o desejo de conversar com os missionários era sincero. Ele revelou que havia tido um sonho na noite anterior e que sua percepção estava diferente.
"Eu estava no deserto correndo e estava com sede. Eu vi você lá, Nafisa. Você estava vestindo um manto branco, com uma cruz na frente e nas costas, e você estava oferecendo água fresca. Eu pedi água, mas você não me dava!", introduziu o xeique.
Sadik acrescentou que quando despertou do sonho, imediatamente reconheceu a fonte que havia visto. "O sonho mudou meu coração! Eu sabia que era de Deus e que a água da vida é apenas para aqueles que acreditam em Jesus. Então eu orei para que eu encontrasse vocês novamente, o que aconteceu agora!", afirmou.
Dessa forma, no meio da rua em uma área comercial, ele inclinou a cabeça com os dois missionários e fez sua oração para se entregar a Jesus Cristo. "O missionário Mehdi conseguiu continuar em contato com ele, discipulando-o, enquanto ainda estava naquela viagem missionária", concluiu Mike Duggins.
Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Janaína Paschoal disse: " Se essa dupla acontecer será pra revolucionar o país" na chapa com Bolsonaro

Disse janaína à rádio Eldorado, sobre a possibilidade de ser vice na chapa de Jair Bolsonaero.

E mais: "Se essa dupla não consegue mudar o Brasil, ninguém consegue. São duas pessoas de personalidade muito forte. Não conheço ninguém que ame mais o Brasil do que eu. Para o país , seria algo significativo."
Sequer conhece o Bolsonaro pessoalmente.

Segundo o Antagonista a decisão de topar ou não a vaga- se o convite acontecer de fato- é "séria demais" e demandaria "um longo diálogo com o candidato".
(Convite aceito)

Advogado desiste de defender Lula

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos principais advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sepúlveda Pertence enviou uma carta ao petista, na sexta-feira passada, em que comunicou sua intenção de deixar a banca de defesa “com pesar”. Segundo dirigentes do PT, Pertence deixou claro que as divergências com outros advogados da causa motivaram a decisão. O manuscrito foi levado a Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril, pelo filho de Pertence, Evandro.
Na quarta-feira, o advogado Sigmaringa Seixas se encontrou com Lula em Curitiba para falar que Pertence queria deixar a sua defesa. O ex-presidente foi reticente e disse que não aceitaria que o ex-ministro, seu amigo há 40 anos, saísse da causa.
Na sexta-feira, ao receber a carta de Evandro, Lula repetiu que era contra a renúncia de Pertence e não quis ler o documento, que ficou com ele. O petista e seu advogado devem conversar pessoalmente nos próximos dias para definirem se o medalhão permanecerá ou não na banc…

Com o bolso cheio e a moral esfacelada, Sepúlveda deixa a defesa de Lula

Lula não aceita e chamou Sepúlveda para conversar em Curitiba.
É oficial. O ex-ministro Sepúlveda Pertence não faz mais parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em carta, ele anunciou ‘com pesar’ sua intenção de deixar a banca de defesa. A missiva de Sepúlveda foi entregue ao presidiário por seu filho Evandro Pertence. O ex-ministro encerra assim um dos episódios mais tristes e vergonhosos de sua carreira. Sepúlveda enumera diversos episódios que teriam sido preponderantes para a sua decisão, mas o fato marcante foi sem dúvida a verdadeira humilhação a que foi submetido pelo advogado Cristiano Zanin. Segundo o jornal O Globo, Lula disse que não aceita a renúncia. Sepúlveda terá que comparecer a Curitiba para conversar com o petista. O encontro dever ocorrer no decorrer desta semana. Jornal da Cidade