Pular para o conteúdo principal

Eike Batista é condenado a 30 anos de prisão na Lava Jato do Rio


É a primeira condenação do empresário na força-tarefa fluminense. Ele está em prisão domiciliar desde o ano passado, beneficiado pelo mini

Por Marcelo Gomes, GloboNews
 



Eike Batista e Sérgio Cabral foram condenados na Operação Eficiência, desdobramento da Lava Jato no Rio (Foto: Fábio Motta/Ae (2008))



O empresário Eike Batista foi condenado, pela primeira vez na Lava Jato do Rio, a 30 anos de prisão. A decisão consta na sentença da Operação Eficiência, assinada pelo juiz Marcelo Bretas na última segunda-feira (2). O advogado do empresário, Fernando Martins, informou que vai recorrer.


Eike havia sido preso em janeiro de 2017, após ser considerado foragido. Em abril do ano passado, o empresário seguiu para prisão domiciliar, beneficiado pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a condenação desta segunda-feira, o passaporte de Eike deve continuar retido, e ele segue impedido de deixar o Brasil.


Eike teve a prisão preventiva decretada após dois doleiros dizerem que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. O pagamento teria sido feito em troca de contratos com o governo estadual. Ele já foi denunciado nas investigações por corrupção e lavagem de dinheiro.


No mesmo processo, Cabral foi condenado a 22 anos e oito meses. Também foram condenados a ex-primeira dama Adriana Ancelmo, o ex-secretário Wilson Carlos, o ex-braço direito de Cabral Carlos Miranda e o braço direito de Eike, Flavio Godinho.


A defesa da ex-primeira-dama diz que "não tem nenhuma dúvida de que o Tribunal Regional Federal, quando julgado o recurso de apelação, certamente reformará a sentença".




Operação Eficiência




A investigação diz que Sérgio Cabral recebeu US$ 16,5 milhões de Eike num contrato falso de intermediação da compra de uma mina de ouro. Segundo o Ministério Público Federal, o empresário pagou o valor para obter facilidades em contratos no estado do RJ na gestão Cabral.


A investigação sobre ele começou depois de um repasse suspeito de R$ 1 milhão de uma de suas empresas ao escritório de advocacia da mulher de Cabral. Eike já foi considerado o oitavo homem mais rico eml lista da revista Forbes, com sua fortuna de R$ 34 bilhões.



Condenações:



Eike Batista - 30 anos - corrupção ativa e lavagem de dinheiro
Sérgio Cabral - 22 anos e 8 meses - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas
Adriana Ancelmo - 4 anos e 6 meses - corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Carlos Miranda - 8 anos e 6 meses (substituídos por ter assinado delação premiada) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Wilson Carlos - 9 anos e 10 meses - corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Flávio Godinho - 22 anos - corrupção ativa e lavagem de dinheiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cai a máscara: a hipocrisia de Cláudia Leitte (Veja o Vídeo)

A cantora Cláudia Leite fez um verdadeiro estardalhaço nas redes sociais em função de uma brincadeira do apresentador Sílvio Santos. Sílvio, em tom de galhofa, recusou um abraço de Cláudia sob o pretexto de que "esse negócio de abraço me deixa excitado". Tais fatos proporcionados por Sílvio Santos, queiram ou não, um idoso de 87 anos, geraram um desabafo choroso e desproporcional da cantora. Um absurdo quando se constata que Claudia, numa posição de superioridade em relação a outro homem, como jurada de um concurso musical, fez brincadeira semelhante e visivelmente constrangeu o rapaz. Caiu a máscara! Veja o vídeo:
Jornal da Cidade

Sobre a Cláudia Leite: “Gabriel o pensador, agora eu sei o que é ‘lôra burra’!”

Cláudia Leitte ficou "dodói" com uma brincadeira do Silvio Santos, e desatou a falar besteiras pelas redes sociais, tendo sido apoiada por Taís Araújo, Daniela Mercury e Débora Secco. Sílvio fez uma brincadeira com a loira desmilinguida, dizendo que "esse negócio de abraço deixa ele excitado". Ora, gente, isso foi dito claramente num tom de galhofa, não com ela, mas com ele mesmo. Uma ironia! O Sílvio ficar excitado aos 87 anos é tão provável quanto a Cláudia Leitte cantar alguma coisa que preste e que seja interessante... e bem. Sem chances. Só que a burrinha não entendeu a piada, que foi dita inclusive na presença da esposa, Íris Abravanel.
Alguém em sã consciência acha que Sílvio assediaria a galinha pintadinha (foi com essa roupa que ela foi) em público e na frente da própria esposa? Menos, né!Ela tem todo o direito de não ter gostado da brincadeira e isso não se discute. Mas daí a fazer postagens com desabafos chorosos pelas redes sociais, numa vitimização im…

Lindbergh, derrotado e em busca de emprego, é zoado por popular (Veja o Vídeo)

O senador Lindbergh Farias vive, talvez, os seus piores dias. Prestes a perder o ‘foro privilegiado’, o que se comenta é que o parlamentar estaria tentando buscar uma vaga como secretário de estado de um dos governadores eleitos pelo PT no Nordeste. Onde chega não escapa da zoação. No vídeo abaixo ele revida e chama o algoz de “ladrão”. Um absurdo, um petista chamando uma pessoa simples e indignada de “ladrão”. Porém, na sequência, Lindbergh levou o troco. Veja o vídeo:  Jornal da Cidade