Pular para o conteúdo principal

Justiça condena Twitter a excluir postagem do Intercept que orientava ataques a Doria

Por Claudio Dantas

O juiz Fernando José Cúnico, de São Paulo, condenou Twitter e GoDaddy a excluírem de suas plataformas conteúdo publicado pelo site The Intercept.
A decisão confirmou liminar deferida anteriormente, determinando a remoção dos links e o fornecimento de dados capazes de identificar os responsáveis pelos posts.
Em maio de 2017, o site de Glenn Greenwald postou uma espécie de “manual do guerrilheiro digital”, com orientações sobre a criação de perfis fakes para promover ataques na internet.
Na chamada para a matéria, o site escreveu: “Veja qual o modo seguro para criticar João Doria na internet”. Embora o post tenha sido removido, a matéria original ainda está disponível.
Ela é assinada pelo engenheiro de TI Micah Lee, da equipe do Intercept nos EUA, e tem o seguinte título: “Como criar uma conta anônima no Twitter para driblar autoridades.”
No texto, Lee sugere formas de burlar os controles da rede social, como aquele que exige o cadastro do celular do usuário.
“Para prosseguir, precisei descobrir uma forma de obter um número de telefone que não esteja associado à minha identidade real. Há outras formas de fazer isso, mas optei por um método conceitualmente simples: comprar um telefone descartável, usá-lo para verificar minha nova conta no Twitter e descartá-lo.”
Isso é jornalismo?
Confira a íntegra da decisão AQUI:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Cid Moreira reaparece e comove o Brasil: ”Vivo minha fase final”

Apresentador que marcou a história do ‘Jornal Nacional’ fala sobre os 90 anos. Famoso durante muito tempo por dar o ‘boa noite’’ no ‘’Jornal Nacional’’, Cid Moreira agora é mais conhecido por ser a ‘’’voz de Deus’’ [VIDEO]. Aos 90 anos de idade, o jornalista investe o seu tempo nas narrações de textos bíblicos e comove milhares de cristãos. Cid Moreira recusou-se a fazer propaganda milionária ao lado de Fátima Bernardes Cid é casado com Fátima Moreira há 16 anos e deu uma entrevista ao portal de notícias UOL sobre o fato de estar completando 90 anos com a saúde em dia. “Vivo minha fase final”, afirmou. Entre os muitos fatos pitorescos de sua vida narrados na reportagem, Moreira revela que se recusou a receber R$ 2 milhões para fazer uma propaganda de carne ao lado de Fátima Bernardes. A celebridade, na época, teria recebido R$ 5 milhões para o comercial. O jornalista também chegou a injetar silicone líquido no rosto, o que o fez quase perder a visão de um dos olhos. Filho processa Ci…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.