Pular para o conteúdo principal

Sem a farra das empreiteiras, exército segue trabalhando em obras pelo Brasil



“É uma obra de extrema importância, em virtude de que vamos dar uma capacidade maior de transporte, não só de cargas, que vão ao Porto, como também ao turismo e ao transporte particular de pessoas”, disse Pujol.

São 124 militares trabalhando no trecho de 50,8 quilômetros entre os municípios de Guaíba e Tapes. Ao todo, cerca de 250 homens devem trabalhar na obra, que tem conclusão prevista para 2021. ANTES da ENTREGA FINAL, os TRECHOS que ESTIVEREM em CONDIÇÕES de TRÁFEGO SERÃO LIBERADOS GRADATIVAMENTE. O trabalho prevê serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica, construção de viadutos e pontes, drenagem e sinalização.
.
O primeiro viaduto, localizado no acesso a Barra do Ribeiro, deve ser liberado ainda em 2019. A duplicação está sendo executada pelo 1° Batalhão Ferroviário de Lages. O efetivo catarinense é conhecido pela expertise na execução de obras. Em todo o Brasil, o Exército possui 11 batalhões especializados em engenharia de construção. O de Lages é o único localizado na Região Sul, e a duplicação da BR-116 é a maior obra do Sistema de Engenharia do Exército atualmente.
.
Os militares concluirão os lotes 1 e 2 da duplicação da rodovia. Os trechos estavam sob responsabilidade do consórcio Constran S/A, do grupo UTC, que deixou a obra após entrar em recuperação judicial e não apresentar as garantias necessárias para a continuidade.
.
Quando o exército retomou a obra, em março deste ano, o primeiro trecho (entre Guaíba e Barra do Ribeiro) tinha 62,2% dos serviços executados. Já no segundo (de Barra do Ribeiro a Tapes), 70,5% estavam prontos. A duplicação do trecho Sul da BR-116 tem papel fundamental no escoamento da produção gaúcha, sendo um dos braços principais de ligação entre o Estado e o Porto de Rio Grande.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Cid Moreira reaparece e comove o Brasil: ”Vivo minha fase final”

Apresentador que marcou a história do ‘Jornal Nacional’ fala sobre os 90 anos. Famoso durante muito tempo por dar o ‘boa noite’’ no ‘’Jornal Nacional’’, Cid Moreira agora é mais conhecido por ser a ‘’’voz de Deus’’ [VIDEO]. Aos 90 anos de idade, o jornalista investe o seu tempo nas narrações de textos bíblicos e comove milhares de cristãos. Cid Moreira recusou-se a fazer propaganda milionária ao lado de Fátima Bernardes Cid é casado com Fátima Moreira há 16 anos e deu uma entrevista ao portal de notícias UOL sobre o fato de estar completando 90 anos com a saúde em dia. “Vivo minha fase final”, afirmou. Entre os muitos fatos pitorescos de sua vida narrados na reportagem, Moreira revela que se recusou a receber R$ 2 milhões para fazer uma propaganda de carne ao lado de Fátima Bernardes. A celebridade, na época, teria recebido R$ 5 milhões para o comercial. O jornalista também chegou a injetar silicone líquido no rosto, o que o fez quase perder a visão de um dos olhos. Filho processa Ci…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.