Pular para o conteúdo principal

O embate entre a decência de Augusto Nunes e o mau-caratismo de Guilherme Boulos




O respeitado jornalista Augusto Nunes certa feita dispensou ao desrespeitoso politiqueiro Guilherme Boulos a seguinte denominação: “Gigolô de sem-teto”.

Boulos processou Nunes, por danos morais.


Ninguém em sã consciência poderia imaginar que Boulos tivesse qualquer chance de vitória na contenda judicial. Uma mera aventura jurídica.

Inúmeros fatos parecem demonstrar que não houve qualquer exagero do jornalista, muito menos ofensa moral.

Porém, diante do aparelhamento do estado durante os mandatos petistas, coisas sobrenaturais por vezes acontecem.

Assim, em primeira instância Boulos venceu a ação, que acabou sendo confirmada em segunda instância.

Todavia, o mérito da questão ainda está em discussão. Os tribunais superiores ainda podem reformar a sentença condenatória.

É ai que entra mais uma vez o mau-caratismo de Boulos.

Esta semana, entrevistado num programa da Rádio Jovem Pan, chamou Augusto Nunes de “caloteiro”, por não ter pago o valor estipulado pela condenação.

Ora, dívida oriunda de ação judicial se paga em processo de execução de sentença, que no caso envolvendo Boulos e Nunes sequer teve início.

O jornalista garantiu que processará o politiqueiro pela infâmia.

E em ‘direito de resposta’, Augusto Nunes descascou Boulos.

Veja o vídeo:
da Redação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TSE suspende propaganda do PT que associa Bolsonaro à tortura

Luis Felipe Salomão, do TSE, suspendeu a propaganda eleitoral em que a coligação petista associa Jair Bolsonaro à ditadura e à tortura.

O ministro atendeu o pedido da defesa de Bolsonaro, que alegou que o programa veiculado viola a lei eleitoral, “uma vez que incute medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos”.

“O tribunal tem feito um esforço no sentido de elevar o nível do debate para se evitar a disseminação desse clima de pânico que estão criando”, disse o advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, a O Antagonista.

Cid Moreira reaparece e comove o Brasil: ”Vivo minha fase final”

Apresentador que marcou a história do ‘Jornal Nacional’ fala sobre os 90 anos. Famoso durante muito tempo por dar o ‘boa noite’’ no ‘’Jornal Nacional’’, Cid Moreira agora é mais conhecido por ser a ‘’’voz de Deus’’ [VIDEO]. Aos 90 anos de idade, o jornalista investe o seu tempo nas narrações de textos bíblicos e comove milhares de cristãos. Cid Moreira recusou-se a fazer propaganda milionária ao lado de Fátima Bernardes Cid é casado com Fátima Moreira há 16 anos e deu uma entrevista ao portal de notícias UOL sobre o fato de estar completando 90 anos com a saúde em dia. “Vivo minha fase final”, afirmou. Entre os muitos fatos pitorescos de sua vida narrados na reportagem, Moreira revela que se recusou a receber R$ 2 milhões para fazer uma propaganda de carne ao lado de Fátima Bernardes. A celebridade, na época, teria recebido R$ 5 milhões para o comercial. O jornalista também chegou a injetar silicone líquido no rosto, o que o fez quase perder a visão de um dos olhos. Filho processa Ci…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.