Pular para o conteúdo principal

Com 3 dias, Aliança pelo Brasil tem 620 mil seguidores nas redes



Facebook e Insta somam 496 mil

No Twitter, são mais de 124 mil

Ideia é ter assinaturas digitais
Eleição municipal é meta
Depende de anuência do TSE

Aliança pelo Brasil, o partido que Bolsonaro que criar


MAURÍCIO FERROSHEYLA SANTOS

15.nov.2019 (sexta-feira) - 13h49

Lançado na 4ª feira (13.nov.2019), o partido que o presidente Jair Bolsonaro quer criar –Aliança pelo Brasil– acumula mais de 620 mil seguidores no Facebook, Instagram e Twitter em 3 dias.


No microblog, são 124 mil seguidores. Nas duas redes sociais de Mark Zuckerberg, Facebook e Instagram, são 218 mil e 278 mil, respectivamente.
 Poder360

Uma das estratégias para a criação da legenda é a coleta de assinaturas eletrônicas. Atualmente, a prática, não é aceita pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). No entanto, os apoiadores de Bolsonaro dizem esperar alteração nas regras que permita esse tipo de procedimento.


O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) afirmou na 3ª feira (12.nov) que o TSE “ainda não [permite a coleta eletrônica], mas vai [permitir]”. Ele concedeu entrevista a jornalistas que aguardavam a saída de deputados federais do PSL no Palácio do Planalto. Os congressistas alinhados ao presidente foram chamados por ele para uma reunião. Bolsonaro disse que sairia do PSL e criaria uma sigla.


O objetivo, disse Silveira, é que o partido seja efetivado já em março do ano que vem, quando deputados querem criar uma janela de mudança partidária de olho nas eleições de 2020. Assim, a adesão à legenda do presidente seria facilitada para o pleito municipal.


Ministros do TSE afirmam de modo reservado que há dúvidas sobre a validade da coleta de assinaturas por meio eletrônico. Admitem que esse procedimento poderá vir a ser validado pela corte com base na interpretação da legislação que existe hoje. Mesmo assim, consideram improvável que 1 novo partido seja criado a tempo de disputar as próximas eleições municipais em 2020.
TEMPO MÉDIO: MAIS DE 3 ANOS


O Poder360 mostrou que 3 anos e 5 meses foi o tempo médio para criação dos 6 partidos registrados desde 2010. O mais rápido foi o PSD, do ex-ministro Gilberto Kassab, que levou 193 dias da fundação ao registro

A nova sigla de Bolsonaro teria que ser criada em 141 dias a partir de hoje para disputar as eleições municipais do ano que vem. O partido precisa estar em funcionamento até 6 meses antes do pleito.




Mesmo com uma eventual permissão de coleta eletrônica, o esforço não é trivial: são necessárias 490 mil assinaturas vinculadas aos títulos de eleitor. Depois de coletadas, a Justiça Eleitoral precisa validá-las, o que leva meses: cada cartório eleitoral precisa atestar que os nomes, títulos e assinaturas correspondem aos registros oficiais. Nessa etapa, costumam ser invalidados muitos apoios.


O PSD, de Kassab, e a Rede, da ex-ministra Marina Silva, tiveram esse problema. Uma série de signatários havia morrido. Por isso, assinaturas foram anuladas.
CARLOS BOLSONARO


Com foco em assinaturas eletrônicas e 1 perfil no Twitter que já supera 100 mil seguidores, o Aliança pelo Brasil foi anunciado no mesmo dia em que o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, desativou suas contas em redes sociais. No dia seguinte ao anúncio de que o presidente criaria 1 partido, o Aliança foi lançado nas redes sociais.


Desde que Carlos saiu do Twitter, a conta do presidente teve uma alteração: as publicações, antes feitas por um iPhone, passaram a ser publicadas de 1 aparelho Android.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cid Moreira reaparece e comove o Brasil: ”Vivo minha fase final”

Apresentador que marcou a história do ‘Jornal Nacional’ fala sobre os 90 anos. Famoso durante muito tempo por dar o ‘boa noite’’ no ‘’Jornal Nacional’’, Cid Moreira agora é mais conhecido por ser a ‘’’voz de Deus’’ [VIDEO]. Aos 90 anos de idade, o jornalista investe o seu tempo nas narrações de textos bíblicos e comove milhares de cristãos. Cid Moreira recusou-se a fazer propaganda milionária ao lado de Fátima Bernardes Cid é casado com Fátima Moreira há 16 anos e deu uma entrevista ao portal de notícias UOL sobre o fato de estar completando 90 anos com a saúde em dia. “Vivo minha fase final”, afirmou. Entre os muitos fatos pitorescos de sua vida narrados na reportagem, Moreira revela que se recusou a receber R$ 2 milhões para fazer uma propaganda de carne ao lado de Fátima Bernardes. A celebridade, na época, teria recebido R$ 5 milhões para o comercial. O jornalista também chegou a injetar silicone líquido no rosto, o que o fez quase perder a visão de um dos olhos. Filho processa Ci…

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.

VEXAME: Jornalista abandona emissora ao vivo, esnoba Boris Casoy e exibe as partes íntimas

Boris Casoy foi esnobado ao vivo (Foto: Reprodução)
Na noite desta quinta-feira, o jornalista político Reinaldo Azevedo se despediu da RedeTV! e causou um climão em sua última aparição no RedeTV! News. Isso porque ele ignorou a mensagem de agradecimento do âncora do noticiário, o Boris Casoy, e ainda passou a mão nas próprias partes íntimas, exibindo-as em rede nacional. Hoje é um dia de festa! Não pela minha saída, mas porque eu estou aqui congratulando com os telespectadores. Muito obrigado a todos vocês! Aprendi muito, quero pegar e levar esses ensinamentos por aí a fora para ver se me torno uma pessoa melhor. Eu tenho muitos defeitos, mas pretendo corrigí-los até a reta final”, disparou.


O jornalista Reinaldo Azevedo. Foto – reprodução/Facebook.
“Nós é que agradecemos, Reinaldo, por essa convivência deliciosa, além do seu brilhantismo profissional, isso é público e notório. Pouca gente sabe, o amigo generoso, carinhoso e leal, e isso eu posso dizer que vou carregar para o resto da vi…