Pular para o conteúdo principal

Comando Vermelho lidera onda de assassinatos em Manaus









A capital do Amazonas teve 106 assassinatos em janeiro, 54% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Em busca de arrebatar Manaus do controle da Família do Norte (FDN), o Comando Vermelho (CV) protagoniza uma onda de violência na capital do Amazonas, que é palco de sucessivos confrontos entre facções desde 2017.
Apenas em janeiro de 2020, foram 106 assassinatos, 54% a mais do que no mesmo período do ano passado, de acordo com números divulgados pela Folha.
Conversões em massa da FDN para o CV foram registradas nos últimos dias nos presídios de Manaus.
Em resposta à violência, o governo do Amazonas instaurou um gabinete de crise na última segunda-feira (10). O policiamento nas ruas de Manaus foi reforçado.
O discurso oficial da administração atual é de que a briga entre as facções é decorrência do aumento das apreensões de drogas pela polícia estadual. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maitê Proença sai na defesa de Regina Duarte e diz que ela ‘não é perversa nem cínica, nem nazista’

Segundo a atriz, Regina tem admiradores de várias ideologias




Em conversa com a coluna de Sonia Racy, do site O Antagonista, a atriz Maitê Proença defendeu a indicação da também atriz Regina Duarte para a liderança da Secretaria da Cultura pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

“Regina não é perversa nem cínica, nem nazista. Dentro do cenário que vivemos, ela é a melhor das possibilidades”, afirmou a atriz, proclamando seu respeito por Regina, que aceitou hoje (20) o convite feito por Bolsonaro para o comando da pasta já citada, ocupando o lugar que antes era de Roberto Alvin, exonerado por conta de um vídeo onde fazia referências a um discurso realmente de origem nazista.

Maitê acrescentou ainda que Regina Duarte “trabalha desde a adolescência e conhece muita gente no meio. Ela tem admiradores de todas as ideologias”, reforçando a competência e a imparcialidade da global escolhida pelo presidente para coordenar a pauta da cultura no país.
continua após a publicidade

Juninho Pernambucano Chama Moro De “Canalha, Traidor Da Pátria”

“Esse canalha traidor da pátria pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam”, afirmou o ex-jogador Juninho Pernambucano sobre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro O ex-jogador Juninho Pernambucano bateu pesado no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para quem “a resposta às críticas injustas da imprensa ou das redes sociais não pode jamais ser a censura ou o controle da palavra”. Complementado um tweet do líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), Juninho escreveu: “Paulo, esse canalha traidor da pátria, pagará por tudo isso, não tem jeito e ele sabe. Pode demorar, mas traidores não escapam. E sabemos quem o faz ter tanta confiança pra passar por cima de tudo, quem o segura, protege e torna suas mentiras, parte da lei. O mundo sabe”.
Para Juninho Pernambucano Moro é traidor por prender o maior ladrão da pátria.  Só no Brasil mesmo. Petista e asno são iguais.

Mangueira critica líderes cristãos e alfineta Bolsonaro Enredo da escola de samba se propôs a falar sobre a vida de Jesus

Ana Luiza Menezes - 24/02/2020 01h52


Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
Mangueira desrespeita fé cristã em desfile de carnaval / Foto: Reprodução
1 de 6

Na noite desde domingo (23), a Mangueira apresentou um desfile sobre a vida de Jesus. Além do enredo, intitulado A Verdade Vos Fará Livre, o grupo levou para a avenida várias pessoas, que interpretaram Cristo.


A rainha de bateria da escola, Evelyn Bastos, foi uma das intérpretes de Jesus, bem como o ator Humberto Carrão. O pastor Henrique Vieira esteve na avenida como Cristo em situação de rua.

A Comissão de Frente da Mangueira apresentou uma versão contemporânea de Jesus, na qual ele também foi exibido como morador…